Jump to content
Veassë

Bebés Em Festas

Recommended Posts

Normalmente se a cerveja estiver bem fresca bebo bastantes.O que acho sobre os bebes em festas...bem, apenas acho que também se devia mais apostar nos comes, que normalmente são bastannte limitados.

 

 

:lol::lol:

 

kd vi este tópico a primeira coisa k percebi foi mm isso.. bebo até me fartar.. :lol:

 

Mas vá não vamos ser mauzinhos, até pk é um assunto minimamente sério.. -_-

 

e será que te fartas? lol .. eu é até acabar o dinheiro LOL

Share this post


Link to post
Share on other sites

ca vai uma opiniao...

 

este fim de senana passado na festa do mestre andavam por lá uns "putos" mas isso nao acho mal porque ja fazem parte do mundo do trance....ja la narsceram he he he

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente as festas de trance são o ambiente mais adequado para se levar crianças...

 

as ganzas acalmam os putos e o md desenvolve a locomoção.

 

e os bebés... isso é mais dificil... talvez com uma ervzita biologica... para não fazer mal

 

festas de trance para maiores de 18 de preferência sem cães... fodam-se lá os pitbulls e o dogues argentinos...

Share this post


Link to post
Share on other sites
ca vai uma opiniao...

 

este fim de senana passado na festa do mestre andavam por lá uns "putos" mas isso nao acho mal porque ja fazem parte do mundo do trance....ja la narsceram he he he

 

que cada um cuide por si e pelos seus!

 

...eu quando me levanto ao domingo de manhasinha e que sei que ha uma festita por perto, não hesito em levar a minha familiazinha toda tomar um pequeno almoço perto do dancefloor, pois sei que havera umas papas bios e cultura diferente de aquela que vemos no dia a dia, gente boa assim como estupida, charrutos, alcool e afins... mas se olharmos bem é aquilo que ja acontece em qualquer sitio...

 

...e la vamos nos; todos psycotronicos curtir um sonzinho e dar um ola a nossa malta kerida antes de ir talvés a praia...

 

ja levei com alguns commentarios fudidos de houvir, de gente que deveria antes de criticar o nosso modo de vida olhar bem para o seu...

gaijos todos mamados a tentar vir-nos encinar a vida... que nem conseguem reparar que ao contrario deles, nos fresquinhos ainda conseguimos estar de pé, comunicar, manter uma conversa, conduzir um caro sem perder a carta de condução... resumindo: cuidar dos nossos ...lol

 

o meu puto nasceu no meio de gente muito respeitavel que teem um modo de vida freak (segundo a sociedade) e que anda por eventos festivos que nem teem a melhor fama... mas a fama é definida por quem? ... pelas pessoas de "bem"? aquelas que se enchem a panssa e o BRAIN de antidepresivos dia sim dia sim...

 

pronto pra concluir:

o meu puto, quando nos acompanha a uma festa.... dança mais que alguns... vé os tios todos com imenso prazer... retribui um sorriso quando lhe mandam um sorriso... e prefere de longe ir dar uma volta das 7 as 11 a um festival ver gente a dançar que de ir das 10 as 12 a missa ver gente (depressiva ou anti-depressiva...lol) a chorar ...uppps.... a rezar!

 

...que cada um cuide dos seus, e que não se préocupem pelo meu, porque o paizinho esta ao alto!

Share this post


Link to post
Share on other sites

:lol: daqui a uns...dizes.... filho de peixe sabe nadar...e depois :lalala:

 

 

cada um por si é isso!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois... lol... a nossa sorte é que o peixe de que falas tambem cria passaros ou gatos... a sorte é que esse peixe proporciona tambem a melhor educação possivel a essa criação...

e se o gato ou o passaro mais tarde, quiser um dia voltar a ser peixe, ninguem poderà impedi-lo........lol...

 

o avo do peixe curte psy

o pai do peixe curte psy

o peixe curte psy

e andam por mundo respeitavelmente

 

e não é cada por si, é um por todos aqueles que amo!...

 

hien???...... mas me diiiiiiizzzeesss lol

 

:dancing::dancing::dancing:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo inteiramente com tudo o que escreves-te aqui...

Também espero a chegada do meu rebento e espero habitua-lo a esse ambiente e sei também que desde que cuidemos deles e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa! Claro que não podemos (país) exedernos, mas isso vai da cabeça dos proprios país...se é muitos a têm...mas para se saber isso nem é preciso estar numa festa ou não! Se na festa é assim então imaginem no dia a dia...

 

Espero ser uma boa mãe... :give_heart:

 

pois... lol... a nossa sorte é que o peixe de que falas tambem cria passaros ou gatos... a sorte é que esse peixe proporciona tambem a melhor educação possivel a essa criação...

e se o gato ou o passaro mais tarde, quiser um dia voltar a ser peixe, ninguem poderà impedi-lo........lol...

 

o avo do peixe curte psy

o pai do peixe curte psy

o peixe curte psy

e andam por mundo respeitavelmente

 

e não é cada por si, é um por todos aqueles que amo!...

 

hien???...... mas me diiiiiiizzzeesss lol

 

:dancing::dancing::dancing:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Concordo inteiramente com tudo o que escreves-te aqui...

Também espero a chegada do meu rebento e espero habitua-lo a esse ambiente e sei também que desde que cuidemos deles e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa! Claro que não podemos (país) exedernos, mas isso vai da cabeça dos proprios país...se é muitos a têm...mas para se saber isso nem é preciso estar numa festa ou não! Se na festa é assim então imaginem no dia a dia...

 

Espero ser uma boa mãe... :give_heart:

 

pois... lol... a nossa sorte é que o peixe de que falas tambem cria passaros ou gatos... a sorte é que esse peixe proporciona tambem a melhor educação possivel a essa criação...

e se o gato ou o passaro mais tarde, quiser um dia voltar a ser peixe, ninguem poderà impedi-lo........lol...

 

o avo do peixe curte psy

o pai do peixe curte psy

o peixe curte psy

e andam por mundo respeitavelmente

 

e não é cada por si, é um por todos aqueles que amo!...

 

hien???...... mas me diiiiiiizzzeesss lol

 

:dancing::dancing::dancing:

 

POR FAVOR!!!!!!! EPÀ!!!!!!!!!! NÃO LEVEM AS VOSSAS CRIANÇAS PARA A FESTA!!!!!!!!!!!!!

 

POR FAVOR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! NÃO ACHAM QUE CHEGA DE MALUQUICE OS PUTOS LEVAREM COM VOCÊS??????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

 

Uma futura mãe que pensa isto... epá, não sei... desculpa a franqueza, mas... pareces-me um pouco imatura.

Share this post


Link to post
Share on other sites
e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

 

Uma futura mãe que pensa isto... epá, não sei... desculpa a franqueza, mas... pareces-me um pouco imatura.

 

 

epa, não sabes???... não sabes , cala-te ou argumenta!... o facto de escreveres com um tamanho de letra maior não faz com que te ouçam mais...

e não te é permitido julgar a qualidade de pais que levem ou não os filhos para festas ou para a missa!

Share this post


Link to post
Share on other sites
e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

 

Uma futura mãe que pensa isto... epá, não sei... desculpa a franqueza, mas... pareces-me um pouco imatura.

 

 

epa, não sabes???... não sabes , cala-te ou argumenta!... o facto de escreveres com um tamanho de letra maior não faz com que te ouçam mais...

e não te é permitido julgar a qualidade de pais que levem ou não os filhos para festas ou para a missa!

 

Não foi com um corpo de letra maior, apenas está a "bold". Pode parecer-te maior, mas é só um "truque das luzes". O "bold" foi só para realçar aquilo que me pareceu uma atitude/ideia irresponsável.

Mas, compreendo que estejas um pouco perdido (Onde está o Wally?) com tamanha profusão de sensações. Vais ver que passado um tempo isso passa e começas a ver as coisas com mais clarividência.

 

Em relação a argumentar, acho que nem é necessário. Se alguém (futura mãe neste caso) acha que nem se deve preocupar muito com o futuro filho (é só dar uns conselhos e tal), e que já está a pensar em levar o puto para festas, acho que não é preciso argumentar nada. É apenas uma questão de bom-senso e "dois dedinhos de testa".

 

E... "não te é permitido julgar a qualidade dos pais"? És tu que decides o que é permitido ou não aqui? Olha que a censura é cargo de outros elástikos.

 

Conheço gente que já levou os filhos para as festas. Mas não com esta atitude desprendida de "dou-lhe uns conselhos e está tudo bem".

 

Calculo que seja uma amiga tua, e vens de peito cheio "defender a dama". É nobre e fica-te bem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

... ok entendo perfeitamente...

 

foi a tua maneira de dizer ... a "bold" que me chocou... se conheces gente que levou os putos com uma attitude descente, não percebo porque é que dizes que para não levarem putos?...

 

...a cena do "onde esta o wally" so existe mesmo em portugal visto que ele (o gaijito da t'shirt as riskas que tinhas que encontrar...) nem se chama wally... etc etc...

 

...com tamanha profusão de sensações. Vais ver que passado um tempo isso passa e começas a ver as coisas com mais clarividência. ... não entendi...lol... tenta ser mais clara!

 

... no entanto dou-te toda a razão em relação a atitude despreendedida do:..."dou-lhe uns conselhos e está tudo bem"... mas li o mesmo texto que tu e não o axei tão despreendedido quanto isso... és mãe Toujour A Pouchette?

 

so acho mesmo o:"NÃO ACHAM QUE CHEGA DE MALUQUICE OS PUTOS LEVAREM COM VOCÊS??????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ... bastante deslocado!

 

... e não conheço a angel_K...

 

abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
...a cena do "onde esta o wally" so existe mesmo em portugal visto que ele (o gaijito da t'shirt as riskas que tinhas que encontrar...) nem se chama wally... etc etc...

 

...com tamanha profusão de sensações. Vais ver que passado um tempo isso passa e começas a ver as coisas com mais clarividência. ... não entendi...lol... tenta ser mais clara!

 

..mas li o mesmo texto que tu e não o axei tão despreendedido quanto isso... és mãe Toujour A Pouchette?

 

Não???Eia que desilusão... e eu que ainda tinha umas quantas colecções desse gajo... :(

 

bem quanto ao resto... :bater::acute::dirol:

 

 

:lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
...a cena do "onde esta o wally" so existe mesmo em portugal visto que ele (o gaijito da t'shirt as riskas que tinhas que encontrar...) nem se chama wally... etc etc...

 

...com tamanha profusão de sensações. Vais ver que passado um tempo isso passa e começas a ver as coisas com mais clarividência. ... não entendi...lol... tenta ser mais clara!

 

..mas li o mesmo texto que tu e não o axei tão despreendedido quanto isso... és mãe Toujour A Pouchette?

 

Não???Eia que desilusão... e eu que ainda tinha umas quantas colecções desse gajo... :(

 

bem quanto ao resto... :bater::acute::dirol:

 

 

:lol:

 

 

WALDO e não wally... :smokinggun:

Share this post


Link to post
Share on other sites

achas que é um portugués que criou o waldo? ... no entanto foi um portugués que traduziu o livro... xiiiii que tarefa... e mesmo assim tinha que mandar calinadas!!! lol

 

 

abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
achas que é um portugués que criou o waldo? ... no entanto foi um portugués que traduziu o livro... xiiiii que tarefa... e mesmo assim tinha que mandar calinadas!!! lol

 

 

abraço!

 

 

Raio dos tradutores ... sempre a mudarem os nomes ... mas ainda bem que só aconteceu no waldo não é assim :)

 

 

Hey look at me i´m an overseas portuguese alien that now has a british snob twatter mood ...

 

Qual é mesmo o problema de não se usar o mesmo nome para o Waldo ? ... E bem segundo me recordo ... o livro saiu depois de uma coisinha chamada série televisiva ...

 

Realmente e depois os outros é que não mandam uma "prá" caixa ...

Share this post


Link to post
Share on other sites

epá eu não achei nada... e pronto ai o sir seymour ja me tocou no ponto.. :blush:

 

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

... that now i´m an overseas portuguese alien... :focus:

Share this post


Link to post
Share on other sites
... that now i´m an overseas portuguese alien... :focus:

 

 

ganda "inglish" menne ...

 

realmente tens razão .. "De: numa aldeia de merda num pais de merda!"

 

 

Haja P.L.U.R. !

 

Porta-te bem ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

...posso tamebm acrescentar num mundo de merda se quizeres.... lol

 

como dizes tão bem... PLUR com força!!!

 

lol

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nunca vi o Wally na minha vida mas penso como ele...de qualquer maneira acho que pensas assim porque não deves ir para o uma festa propriamente para ouvir a música ou pelo que o "trance" representa...dsc que te diga...infelizmente há muito como tu hoje em dia...

 

De qualquer maneira o que quiz dizer não foi bem o que foi entendido...o que acho é que somos o que os nosso país nos fazem e também o pouco de nós mesmos. Ou estarei enganada?!?!

 

Eu nem antes de engravidar era consumidora de seja o que for que o pessoal pões nas festas e acho que é só por isso que tens essa opinião...

 

É pena...porque o trance e a sua cultura está muito acima de tudo isso...

 

 

e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

 

Uma futura mãe que pensa isto... epá, não sei... desculpa a franqueza, mas... pareces-me um pouco imatura.

 

 

epa, não sabes???... não sabes , cala-te ou argumenta!... o facto de escreveres com um tamanho de letra maior não faz com que te ouçam mais...

e não te é permitido julgar a qualidade de pais que levem ou não os filhos para festas ou para a missa!

 

Não foi com um corpo de letra maior, apenas está a "bold". Pode parecer-te maior, mas é só um "truque das luzes". O "bold" foi só para realçar aquilo que me pareceu uma atitude/ideia irresponsável.

Mas, compreendo que estejas um pouco perdido (Onde está o Wally?) com tamanha profusão de sensações. Vais ver que passado um tempo isso passa e começas a ver as coisas com mais clarividência.

 

Em relação a argumentar, acho que nem é necessário. Se alguém (futura mãe neste caso) acha que nem se deve preocupar muito com o futuro filho (é só dar uns conselhos e tal), e que já está a pensar em levar o puto para festas, acho que não é preciso argumentar nada. É apenas uma questão de bom-senso e "dois dedinhos de testa".

 

E... "não te é permitido julgar a qualidade dos pais"? És tu que decides o que é permitido ou não aqui? Olha que a censura é cargo de outros elástikos.

 

Conheço gente que já levou os filhos para as festas. Mas não com esta atitude desprendida de "dou-lhe uns conselhos e está tudo bem".

 

Calculo que seja uma amiga tua, e vens de peito cheio "defender a dama". É nobre e fica-te bem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Concordo inteiramente com tudo o que escreves-te aqui...

Também espero a chegada do meu rebento e espero habitua-lo a esse ambiente e sei também que desde que cuidemos deles e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa! Claro que não podemos (país) exedernos, mas isso vai da cabeça dos proprios país...se é muitos a têm...mas para se saber isso nem é preciso estar numa festa ou não! Se na festa é assim então imaginem no dia a dia...

 

Espero ser uma boa mãe... :give_heart:

 

 

Eu ate acho que deverias abrir uma creche! :rolleyes:

 

Oh Evaristo, vem ca baixo ver isto...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Concordo inteiramente com tudo o que escreves-te aqui...

Também espero a chegada do meu rebento e espero habitua-lo a esse ambiente e sei também que desde que cuidemos deles e os aconselhemos quando é preciso, não nos precisamos de preocupar muito, certo?!

Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa! Claro que não podemos (país) exedernos, mas isso vai da cabeça dos proprios país...se é muitos a têm...mas para se saber isso nem é preciso estar numa festa ou não! Se na festa é assim então imaginem no dia a dia...

 

Espero ser uma boa mãe... :give_heart:

 

 

Eu ate acho que deverias abrir uma creche! :rolleyes:

 

Oh Evaristo, vem ca baixo ver isto...

 

pois... mais um...

éaph olha que é uma actividade em pleno Boom.... lol...

 

queres ser socio protese? ... havera notinha com força!....

 

loooool

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

 

Ou isso, ou então está a pontapear o ventre a pedir que o tires de lá! ;)

 

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa!

 

:shok:

 

É que nem sequer estamos a falar de crianças, o que já (nem sequer) é questionável, mas sim de bébés! Não conseguiria imaginar sitio pior para levar um cão, quanto mais um bébé!

 

Espero ser uma boa mãe... give_heart2.gif

 

Muito sinceramente, eu também!

Share this post


Link to post
Share on other sites
basta mesmo comunicar a segurança social que é retirado aos pais mt facilmente! e acho que nestes casos é o melhor a fazer...

 

:glare:

 

Mas é que nem tenhas a menor dúvida! Só mesmo uma pessoa muito inconsciente ou que viva no mundo das fadas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entendi mal...estava a falar de crianças...

 

Se vires o resto das resposta falam de crianças no geral.

 

Ele pelo menos já vai a umas festinhas na barriguita e até dança aqui dentro que eu sinto!!!! :dancing:

 

 

Ou isso, ou então está a pontapear o ventre a pedir que o tires de lá! ;)

 

 

Com o devido cuidado e sem exageros não acho que seja mau levar um bébe para uma festa!

 

:shok:

 

É que nem sequer estamos a falar de crianças, o que já (nem sequer) é questionável, mas sim de bébés! Não conseguiria imaginar sitio pior para levar um cão, quanto mais um bébé!

 

Espero ser uma boa mãe... give_heart2.gif

 

Muito sinceramente, eu também!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gosto muito de bebés em festas porque se ouve muito punxpunx punx e depois é só graves na cabeça das pessoas. Os bebés a chorar equalizam melhor o som com os seus agudos. Anda assim conseguem ser menos irritantes que o full-on morning.

 

Mas já ouvi dizer que andam aí uns gajos nas festas, tipo inspectores, à cata dos bebés que choram em mp3.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depende da festa, depende da conciencia dos próprios pais. Não conccordo em ver negligencia de qualquer espécie, seja em festa ou não.

 

A minha filha chegou a ir a algumas festas comigo, desde que tinha 8 meses, festas onde ia estar num ambiente bem tranquilo de amigos e pessoas concientes do lado dela, nunca entrou num dance floor, sempre coloca-mos uns tampões nos ouvidos para proteger principalmente nos primeiros meses, e estava sempre muito bem distanciada do som. Recebi muito olhar atravessado, mas tenho conscienciaque a não prejudiquei em nada, e a julgar pela alegria e o à vontade com que ela se comportou nesses eventos sem dúvida que gostou de estar na companhia de amigos que possivelemente não a iriam ver se não fosse nessa festa.

 

Muito importante, nunca tomei drogas quando estou com ela, nunca a levei para eventos de largo porte onde sei que vai estar gente duvidosa, mas isso seja uma festa, seja uma certa zona da cidade onde moro, um café, etc...

 

Como disse, para responder a essa pegunta depende de vários factores, mas pela descrição dessa situação, é claro que não concordo, mas a questão é, concordo ou não com bébés em festas, ou concordo ou não com a degradação de individuos em festas que levam ao ponto de negligenciar os próprios filhos em festas e de certeza que fora delas também, e se falarem com esses pais (se é que podemos os chamar isso), no meio de suas filosofias delirantes e alianadas ainda são capazes de dizer que estão a fazer bem á mente, energia e espirito dessa criança.

Share this post


Link to post
Share on other sites

sim ou não eis a questão??

como depende de varios factores o melhor é cortar logo pela raiz! NÂO!

Share this post


Link to post
Share on other sites
sim ou não eis a questão??

como depende de varios factores o melhor é cortar logo pela raiz! NÂO!

 

Exatamente... onde quero chegar, a mim as festas e as minhas experiencias, me ajudaram a me conhecer melhor, a expandir a minha conciência e acredito que a ser uma pessoa melhor. Mas para muita gente que vejo parece que tem um efeito contrário, muita degradação, fisica e psicológica... mas quem sou eu para axar ou deixar de axar, cada um sabe de sim, só queria que esses "pais" vissem o que estão a fazer a quem depende deles.

 

E matar o mal pela raiz não é proibir bébés em festas, apesar de concordar que se deve proibir, ou melhor pelo menos aqui no brazil este tipo de eventos tem classificação de maiores de 18, e axo muito correto.

 

O problema é que tudo bem o bébé deixa de ir ás festas, mas os pais se tornam mais concientes por isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
sim ou não eis a questão??

como depende de varios factores o melhor é cortar logo pela raiz! NÂO!

 

 

Evidentemente. Para mim é algo impensável. Ia lá eu meter o meu filho bébé no meio daqueles drogados malucos. Quando ele tiver 21 anos pode ir se quiser, mas não me parece que vá querer.

 

Que lógica tem levar uma criança para um meio onde circula droga quase livremente? E pessoas bêbedas, drogadas, a cair para o lado. O barulho da música durante horas a fio, as condições das festas nunca são confortáveis, principalmente para uma criança.

 

A sério, acho uma irresponsabilidade e uma vergonha totais levarem miudos para festas. Piores estão aquelas crianças cuja vida gira à volta da "condição" hippie dos pais. Enfim... como diz o Miguel esteves Cardoso, os hippies só sabem fazer bem duas coisas: drogarem-se e não tomar banho. E depois querem que os filhos sejam como eles.

Share this post


Link to post
Share on other sites
sim ou não eis a questão??

como depende de varios factores o melhor é cortar logo pela raiz! NÂO!

 

 

Evidentemente. Para mim é algo impensável. Ia lá eu meter o meu filho bébé no meio daqueles drogados malucos. Quando ele tiver 21 anos pode ir se quiser, mas não me parece que vá querer.

 

Que lógica tem levar uma criança para um meio onde circula droga quase livremente? E pessoas bêbedas, drogadas, a cair para o lado. O barulho da música durante horas a fio, as condições das festas nunca são confortáveis, principalmente para uma criança.

 

A sério, acho uma irresponsabilidade e uma vergonha totais levarem miudos para festas. Piores estão aquelas crianças cuja vida gira à volta da "condição" hippie dos pais. Enfim... como diz o Miguel esteves Cardoso, os hippies só sabem fazer bem duas coisas: drogarem-se e não tomar banho. E depois querem que os filhos sejam como eles.

 

Posso opinar? Só com 21 anos ? Fonix pobre da criança ... e que prepotencia em saber desde já o que o teu filho vai ou não querer fazer (quiçá pelo que demonstras vai andar mais controladinho que o Vale e Azevedo e as suas contas no benfica)

 

Que lógica tem, criar uma criança num bairro onde circula droga quase livremente? E pessoas bêbedas, drogadas, a cair para o lado. Eu conheço bastantes que foram criadas nesse ambiente e olha .. são pessoas 5* que abominam por exemplo ver uma seringa até ao longe.

 

Hippie .. hippie hippie ... bolas mas quando é que vão perceber que por frequentar uma festa drogar-se todo e ouvir música aos berros não necessariamente se tem que ser hippie ? Um bebado drogado tanto vai se-lo numa festa como vai ser na tasca ao lado ! Estereotipizar ... bufff ...."raio dos putos".Quanto ao dos hippies não tomarem banho ... eu conheço bastantes que de maneira alguma o são e também não tomam ... é só descer duas ruas e ve-los ali espalhados como parte do imobilizado da cidade.

 

È mais bonito ser jet9, vestir umas calcinhas largas, mostrar os ray ban os baloes ganhos no ginasio durante a semana e ir drogar-se sem saber bem o que sequer estão a meter ... e pelo caminho ainda gozarem com os drogaditos dos hippies mal cheirosos que só por acaso muito provavelmente até lhe venderam a droga.

 

Pronto já opinei :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu estava precisamente a falar dos hippies a sério. Não daqueles que vão a festas e se drogam de forma recreativa, porque tal como disseste, esses não são hippies. São pessoas normais que gostam de se divertir, mesmo que usem rastas, e roupas coloridas e cenas assim...i guess...

 

Não é prepotência da minha parte estabelecer um ambiente controlado para o meu filho. É orientação. Eu não vou tomar decisões por ele, mas vou limitar-lhe as opções sem que ele perceba, como por exemplo, metê-lo numa escola boa onde ele terá uma boa educação e colegas que não são rufias do bairro. Logo a partir daí, se ele estiver num grupo de amigos "decente" menor é a probabilidade de ele frequentar ambiente menos aconcelháveis.

Sim só com 21 anos. Qual é o problema? Alguém põe em causa a forma como os teus pais te educam?

E os putos de dez anos que usam rastas como os pais? é prepotência também?

 

Atenção, no exemplo que deste das crianças que nascem no bairro... os pais não devem provavelmente ter outra escolha senão viver lá. No que diz respeito a ir a festas a história é outra, não concordas?

 

È mais bonito ser jet9, vestir umas calcinhas largas, mostrar os ray ban os baloes ganhos no ginasio durante a semana e ir drogar-se sem saber bem o que sequer estão a meter ... e pelo caminho ainda gozarem com os drogaditos dos hippies mal cheirosos que só por acaso muito provavelmente até lhe venderam a droga.

 

Sim. Não tenhas dúvidas em que é definitivamente mais bonito. Mas se estavas a tentar incluir-me nesse grupo, esquece. ;)

 

 

Se achas que os pais fazem bem em levar as crianças para as festas, tu é que sabes.

Eu não concordo nada. Por acaso já fui a muitas festas e nunca vi uma criança a passar mal lá. Mas no dia em que vir, podes crer que a primeira coisa que faço é fazer uma denúncia às autoridades.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que estupidez a nossa, lembrei-me agora que as fadinhas e os duendes nunca deixariam que algo de mau acontecesse às crianças! :fada: :IrishDance:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu estava precisamente a falar dos hippies a sério. Não daqueles que vão a festas e se drogam de forma recreativa, porque tal como disseste, esses não são hippies. São pessoas normais que gostam de se divertir, mesmo que usem rastas, e roupas coloridas e cenas assim...i guess...

 

Não é prepotência da minha parte estabelecer um ambiente controlado para o meu filho. É orientação. Eu não vou tomar decisões por ele, mas vou limitar-lhe as opções sem que ele perceba, como por exemplo, metê-lo numa escola boa onde ele terá uma boa educação e colegas que não são rufias do bairro. Logo a partir daí, se ele estiver num grupo de amigos "decente" menor é a probabilidade de ele frequentar ambiente menos aconcelháveis.

Sim só com 21 anos. Qual é o problema? Alguém põe em causa a forma como os teus pais te educam?

E os putos de dez anos que usam rastas como os pais? é prepotência também?

 

Atenção, no exemplo que deste das crianças que nascem no bairro... os pais não devem provavelmente ter outra escolha senão viver lá. No que diz respeito a ir a festas a história é outra, não concordas?

 

È mais bonito ser jet9, vestir umas calcinhas largas, mostrar os ray ban os baloes ganhos no ginasio durante a semana e ir drogar-se sem saber bem o que sequer estão a meter ... e pelo caminho ainda gozarem com os drogaditos dos hippies mal cheirosos que só por acaso muito provavelmente até lhe venderam a droga.

 

Sim. Não tenhas dúvidas em que é definitivamente mais bonito. Mas se estavas a tentar incluir-me nesse grupo, esquece. ;)

 

 

Se achas que os pais fazem bem em levar as crianças para as festas, tu é que sabes.

Eu não concordo nada. Por acaso já fui a muitas festas e nunca vi uma criança a passar mal lá. Mas no dia em que vir, podes crer que a primeira coisa que faço é fazer uma denúncia às autoridades.

 

 

Mas exactamente por isso, não me entendeste ou não me fiz explicar bem, não é pelo ambiente em que se cresce que te vais tornar má ou boa pessoa, aliás se bem me recordo os verdadeiros "rufias" que conheço são filhos de papá e mamã e que nunca lhes faltou um prato de sopa na mesa.Adoro ver o "jet7" lá da terra a baixar aqui a cabeça em Badajoz ao descer a ladeira dos ciganos com mocas de coca ás vezes que se igualam a mocas minhas de excessos cometidos em festas, só que eles é ali num par de horitas se e quando chega a isso e ao contrário de mim há alguns que é dia sim dia não eu olha .. quando o rei faz anos, mais engraçado é os comentários que um gajo recebia na "terra" de estar ali no jardim a fumar uns tarolos com a malta dessas mesmas pessoas.Tens essa opinião de fazer crescer o teu filho num ambiente controlado, mas em minha opinião muitas vezes acontece o contrário, quanto mais se controla mais surge o desejo de ... não sei se me explico.Prepotencia digo em teres já uma idade definida para lhe dar "liberdade", e se por exemplo ele aos 16 agarrar na namorada brincar aos médicos e te disser olha papá vais ser mesmo Avô ?

 

PS: Também não concordo que hajam bébés em festas deste género.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ahhhh.... nem me lembrei das fadinhas e dos duendes.

 

LOL

Share this post


Link to post
Share on other sites

pah eu fiko "doente" kd vejo as crianças no dancefloor.

agr pa se n for propriamente no dancefloor e dependendo da idade eh na boa lol

mas isso eh com os pais :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aí a malta que acha "fixe" levar os bébés ou crianças pa uma festa...Já alguma vez antes de os levarem, perguntaram lhe se queriam ir???

 

Eu cá no meu caso, quando fui a uma festa...não foram os meus pais que me levaram...e outra..essa onde fui pela primeira vez, na altura era dentro de uma sala genero de uma séde...(Senhora Do Monte - Leiria) e ai deu para ter uma noção minima do que se ali passava...coisa que na altura, não lá via bébés nem putos dentro a não ser eu e que era um dos poucos, e so malta mais velha..depois passados uns anos sim fui a uma dita "festa"...mas isto tudo para tentar dizer que..ex.:ate agora sempre fui e sou do sporting porque alguem quando eu era mais novo me disse que era bom ou ate mesmo me disse que era aquilo o seu gosto... mais tarde ao crecher e ir creschendo começei a ter outros gostos que tenho, tais como a niveis de genero de musica que oiço .... ...Fui eu que os descobri!!

 

e sim nesta altura e com esta idade..posso dizer que sim...fui criado com educação e boas maneira...

 

cof cof.. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
os hippies só sabem fazer bem duas coisas: drogarem-se e não tomar banho. E depois querem que os filhos sejam como eles.

 

Já vistes por ventura ou conheces algum hippie? ah! e diz-me lá o que é um hippie???

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hippies, pseudo-hippies... é td a mesma coisa. Não preciso de te dizer o que é, porque tu sabes do que eu tou a falar.

Se trabalhassem como os outros é que eram boa gente. Não digo que todos sejam assim, claro que não são.

Acho que nenhuma sociedade precisa de "parasitas benignos".

Share this post


Link to post
Share on other sites
Hippies, pseudo-hippies... é td a mesma coisa. Não preciso de te dizer o que é, porque tu sabes do que eu tou a falar.

Se trabalhassem como os outros é que eram boa gente. Não digo que todos sejam assim, claro que não são.

Acho que nenhuma sociedade precisa de "parasitas benignos".

 

 

Aqui espalhaste-te outra vez ... conheço bastantes "hippie" no sentido em que tu dizes que durante a semana entre festa e festa andam na apanha do tomatinho que tu comes ao jantar .. da azeitoninha para o teu azeite do ....

 

Não é o "hábito" que faz o "monge" ....

 

 

PS: Ainda não tomei banho hoje .. cheiro mal ... não trabalho activamente ... tenho o cabelo neste momento graaande e fumo o que pode ser considerado por muitos demasiada erva ... serei hippie ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Hippies, pseudo-hippies... é td a mesma coisa. Não preciso de te dizer o que é, porque tu sabes do que eu tou a falar.

Se trabalhassem como os outros é que eram boa gente. Não digo que todos sejam assim, claro que não são.

Acho que nenhuma sociedade precisa de "parasitas benignos".

 

Pois! Logo vi que nunca conhecestes nenhum, nem sabes o que são. E essa de parasitas acho que poderiamos inverter as coisas, não será a sociedade onde vivemos uma autêntica sociedade de parasitas??? ... pois!

 

Do que tu falas possivelmente são pseudo-hippies ou o que quer que sejam. Porque hippies no seu verdadeiro conceito costumam ser eremitas e quando dizes:

Não digo que todos sejam assim, claro que não são.
então em que é que ficamos, para mim são ou não são;

 

Se trabalhassem como os outros é que eram boa gente
tu realmente gostas de trabalhar, fico contente por ti. Mas trabalhar para quem e para quê? Os hippies trabalham sim ... para a sociedade parasita deles ;). E nós trabalhamos para a sociedade desparasitante e perfeita ... lolol.

 

Hare krishna para ti tambem

 

;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rótulos... ser hippie, ser punk, ser playboy, ser careta...

 

Conheço muito dito punk que não tem a miníma noção do que é ser anarkista, como conheço muito Anarka que vive dentro da sociedade. Como muito dito hippie que é bem materialista, como muitos ditos Ricos, que desprezam o Material.

 

Um bom Livro sobre isto "O Banqueiro Anarkista" de Fernando Pessoa".

 

 

Meu rótulo: Pedro Simões, basta para me definir, talvez nuns dias seja mais Punk, noutros mais jet set, noutros mais zé povinho, noutros mais hippie, noutros mais estupido, noutros mais inteligente... sói me importa que no geral esteja satisfeito com a vida que levo e em paz com a minha consciencia e comigo mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
..Meu rótulo: Pedro Simões, basta para me definir, talvez nuns dias seja mais Punk, noutros mais jet set, noutros mais zé povinho, noutros mais hippie, noutros mais estupido, noutros mais inteligente... sói me importa que no geral esteja satisfeito com a vida que levo e em paz com a minha consciencia e comigo mesmo.

 

:dndrugs: mais nada!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou só pegar nalguns pontos pois n segui com atenção esta questão:

 

Eu em principio não levava um filho meu para o MEIO da festa, mas se calhar levava para uma zona afastada onde tivessem os meus amigos. Para mim existem sítios para onde se levam as crianças bem piores que uma festa, por exemplo, um estádio de futebol...confusão, bebedeiras, drogas, ambiente agressivo etc...

 

Avozinha,

 

Miguel esteves cardoso ????? xiça penico, prefiro um milhão de hippies...para além de dizer muito pouca coisa de jeito (e vemos logo pelo exemplo que citas) esse gajo está-se sempre a lamber, é um javardolas... :gap:

 

Um filho teu só vai decidir aos 21 anos, estas a brincar ou não?????afinal que idade tens???? cá pra mim os teus pais só te deixaram ter opinião há uns 3 ou 4 anos não :gap:

 

...e lamento desiludir-te mas colocares o teu filho numa escola jet 7 não garante, nem de perto nem de longe, que os colegas não sejam rufias... achas que colocar o puto numa redoma vai ser bom para ele???? Não concordas se irá tornar numa pessoa ignorante que não sabe decidir o que é bom ou mau (decidir tb é só aos 21 né?). Não é escondendo o mundo ou os seus podres aos miúdos, não é controlando as suas companhias que os estamos a educar. Temos de lhe mostrar todos os pontos de vista, temos de lhes tirar dúvidas, temos de lhes mostrar a sociedade REAL para ele poder escolher, fazer opções perceber o que o rodeia...ou queres criar um parvinho que não sabe nada de nada??? Resumindo, a tua teoria de protecção a mim parece-me mais uma maneira de facilitar a TUA tarefa de educar uma criança. Educar não é esconder é mostrar. Sei bem que esconder é mais fácil, mas quem disse que ser pai é fácil????

 

Quando falas dos putos de rasta, tenho a mesma opinião que tu...estupidez, ridículo, parvoíce, tal como os putos todos certinhos de cabelo à escovinha e as meninas de brinco logo qd nascem... são seres humanos, tem tempo de crescer e escolher o gostam, como querem o cabelo, se querem ou não os brinquinhos...não tem de ser uns fantoches dos pais... Acho que a maioria das pessoas ainda acha que os filhos são acessórios e que lhes podem dar o uso que bem entendem, mas não, são seres humanos e a tarefa de um pai é sempre fornecer-lhe "armas para poderem crescer, tomar decisões, sofrer, sorrir, ser felizes...terem uma personalidade genuína e não uma imposta pelos progenitores...

 

21 anos Tssss tssss :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rótulos... ser hippie, ser punk, ser playboy, ser careta...

 

Conheço muito dito punk que não tem a miníma noção do que é ser anarkista, como conheço muito Anarka que vive dentro da sociedade. Como muito dito hippie que é bem materialista, como muitos ditos Ricos, que desprezam o Material.

 

Um bom Livro sobre isto "O Banqueiro Anarkista" de Fernando Pessoa".

 

 

Meu rótulo: Pedro Simões, basta para me definir, talvez nuns dias seja mais Punk, noutros mais jet set, noutros mais zé povinho, noutros mais hippie, noutros mais estupido, noutros mais inteligente... sói me importa que no geral esteja satisfeito com a vida que levo e em paz com a minha consciencia e comigo mesmo.

 

lá está! ... se um punk não é anarquista, epá tão, ... não é punk. Acho que ou se chamam as coisas pelo nome ou não. Se falam sobre um movimento (e não rótulos como intitulas), sobre uma filosofia de vida, isso quer dizer que se alguem vive mediante esses parametros de sociedade é X e não outra coisa qualquer.

 

E ninguem estava aqui a personalizar a conversa, mas já agora eu ... eu sou como sou, e nunca pertenci a nenhum partido, credo ou etc. Sou tipo ... anarca ;) ... lolol.

 

 

penso eu de que.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Xii tanta gente a atacar-me!! Desculpem lá não gostar de hippies, tá? :gap:

 

Não consigo responder a toda a gente, por isso vou sintetizar.

 

Por favor, não me venham dizer como hei-de educar os meus filhos. Metam os vossos na escola do Cerco que eu meto os meus no Luso-Francês. É tudo uma questão de probabilidades, e eu jogo com elas para tentar obter os melhores resultados. Só quero o melhor para eles. Não vou ser um pai do tipo fascista absolutista. Anyway, não devo explicações a ninguém acerca disso. ;)

 

kerouac e quem és tu para decidir quem é hippie ou não? Tu tens o teu conceito e eu tenho o meu. E o meu resume-se a tamancos com uma casa-carrinha a passear de sítio em sítio que sobrevivem a vender droga. Se tu gostas dos eremitas, altamente! Mas para mim os eremitas não são hippies, são gente do campo que vive em sociedade e não chateia ninguém. Gente auto-suficiente. Mas espera lá, um eremita não é uma pessoa que vive na solidão, com os seus pensamentos? Acho que há aqui um equívoco de conceitos.

Não creio que os hippies dos anos sessenta fossem eremitas.. se bem me lembro andavam eles nas cidades todos em ácidos a fazer sexo que nem coelhos zangados. Peace and love and make love com a piçe. :gap:

 

Quanto aos rótulos.. pá.. ainda não me disseram directamente, mas vocês devem achar-me um elitista prepotente. E não gostam de mim.

Eu chamo hippies aos hippies e não gosto deles.

E é assim a vida. Um ciclio vicioso de amores e ódios. Onde as pessoas são parasitas umas das outras, mas essa é a nossa evolução. Se não gostas da evolução, tens bom remédio: Toma 605 forte e passas para um estádio de regressão.

 

E claro está, hippies e toxicodependentes era metê-los todos numa ilha e deixá-los lá para formarem a sua "sociedadezinha do amor". Ao menos não empatam a vida de quem trabalha. E anda aqui um gajo a pagar impostos e esses palermões andam a fumar ganzas e meter agulhas nos braços e a coçar os tomates o dia todo. Pior ainda é quando são presos e, mais uma vez, pagamos impostos para eles lá estarem encarcerados. Se soubessem quanto custa ao estado um dia de um recluso na prisão.. LINDO!

Share this post


Link to post
Share on other sites

minha alma tá parva

Share this post


Link to post
Share on other sites
Xii tanta gente a atacar-me!! Desculpem lá não gostar de hippies, tá? :gap:

 

Não consigo responder a toda a gente, por isso vou sintetizar.

 

Por favor, não me venham dizer como hei-de educar os meus filhos. Metam os vossos na escola do Cerco que eu meto os meus no Luso-Francês. É tudo uma questão de probabilidades, e eu jogo com elas para tentar obter os melhores resultados. Só quero o melhor para eles. Não vou ser um pai do tipo fascista absolutista. Anyway, não devo explicações a ninguém acerca disso. ;)

 

kerouac e quem és tu para decidir quem é hippie ou não? Tu tens o teu conceito e eu tenho o meu. E o meu resume-se a tamancos com uma casa-carrinha a passear de sítio em sítio que sobrevivem a vender droga. Se tu gostas dos eremitas, altamente! Mas para mim os eremitas não são hippies, são gente do campo que vive em sociedade e não chateia ninguém. Gente auto-suficiente. Mas espera lá, um eremita não é uma pessoa que vive na solidão, com os seus pensamentos? Acho que há aqui um equívoco de conceitos.

Não creio que os hippies dos anos sessenta fossem eremitas.. se bem me lembro andavam eles nas cidades todos em ácidos a fazer sexo que nem coelhos zangados. Peace and love and make love com a piçe. :gap:

 

Quanto aos rótulos.. pá.. ainda não me disseram directamente, mas vocês devem achar-me um elitista prepotente. E não gostam de mim.

Eu chamo hippies aos hippies e não gosto deles.

E é assim a vida. Um ciclio vicioso de amores e ódios. Onde as pessoas são parasitas umas das outras, mas essa é a nossa evolução. Se não gostas da evolução, tens bom remédio: Toma 605 forte e passas para um estádio de regressão.

 

E claro está, hippies e toxicodependentes era metê-los todos numa ilha e deixá-los lá para formarem a sua "sociedadezinha do amor". Ao menos não empatam a vida de quem trabalha. E anda aqui um gajo a pagar impostos para esses palermões andarem a fumar ganzas e meter agulhas nos braços e a coçar os tomates o dia todo. LINDO!

 

avô... sem dúvida que deves ser uma pessoa interessante de se conhecer... ia ser cada conversinha uiui

 

e pronto...eu pela minha parte, irei alertar os meus filhos dos perigos que representam os idiotas do Luso-Francês...

 

é só mania né!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
minha alma tá parva

 

não vale a pena... se visses as ideias deste sr no tópico do aborto não estavas assim tão espantado :D

 

a parte mais gira é que eu aposto que ele só diz estas merdas pra dar nas vistas...lol coitado só teve liberdade de decidir aos 21 é normal que agora se quira exibir

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro. realmente é um perigo o teu filho ser bilingue e ter acesso a uma das melhores educações.

Tá bem que esse colégio tem os seus altos e baixos, mas só o mencionei a título de exemplo. Quando chegar a altura, porei o meu filho numa boa escola, que certamente não será pública.

 

Lol.. não precisas de me atacar. Se queres argumentar comigo, força.

 

 

ps: só para esclarecer uma coisa.. isso dos 21 anos era somente acerca das festas de trance. Comecei a ir a festas há 9 anos atrás.. e sinceramente não sei se perderia muito se os meus pais me tivessem proibibido. lol

Share this post


Link to post
Share on other sites
Xii tanta gente a atacar-me!! Desculpem lá não gostar de hippies, tá? :gap:

 

 

kerouac e quem és tu para decidir quem é hippie ou não? Tu tens o teu conceito e eu tenho o meu. E o meu resume-se a tamancos com uma casa-carrinha a passear de sítio em sítio que sobrevivem a vender droga. Se tu gostas dos eremitas, altamente! Mas para mim os eremitas não são hippies, são gente do campo que vive em sociedade e não chateia ninguém. Gente auto-suficiente. Mas espera lá, um eremita não é uma pessoa que vive na solidão, com os seus pensamentos? Acho que há aqui um equívoco de conceitos.

Não creio que os hippies dos anos sessenta fossem eremitas.. se bem me lembro andavam eles nas cidades todos em ácidos a fazer sexo que nem coelhos zangados. Peace and love and make love com a piçe. :gap:

 

Quanto aos rótulos.. pá.. ainda não me disseram directamente, mas vocês devem achar-me um elitista prepotente. E não gostam de mim.

Eu chamo hippies aos hippies e não gosto deles.

E é assim a vida. Um ciclio vicioso de amores e ódios. Onde as pessoas são parasitas umas das outras, mas essa é a nossa evolução. Se não gostas da evolução, tens bom remédio: Toma 605 forte e passas para um estádio de regressão.

 

E claro está, hippies e toxicodependentes era metê-los todos numa ilha e deixá-los lá para formarem a sua "sociedadezinha do amor". Ao menos não empatam a vida de quem trabalha. E anda aqui um gajo a pagar impostos e esses palermões andam a fumar ganzas e meter agulhas nos braços e a coçar os tomates o dia todo. Pior ainda é quando são presos e, mais uma vez, pagamos impostos para eles lá estarem encarcerados. Se soubessem quanto custa ao estado um dia de um recluso na prisão.. LINDO!

 

Recomendo leres sobre o assunto em vez de mandares postas de pescada sem nexo nenhum. Como disse antes tu não sabes sequer do que falas. Não é problema nenhum.

 

Recomendo outra coisa, menos importante por sinal: Vai mas é trabalhar seu parasita da sociedade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Claro. realmente é um perigo o teu filho ser bilingue e ter acesso a uma das melhores educações.

Tá bem que esse colégio tem os seus altos e baixos, mas só o mencionei a título de exemplo. Quando chegar a altura, porei o meu filho numa boa escola, que certamente não será pública.

 

Lol.. não precisas de me atacar. Se queres argumentar comigo, força.

 

arguementar contigo lolololol mas achas que há alguma coisa a dizer a tanto disparate...

 

se quisesses dialogar tinhas respondido como deve ser, se és mesmo como mostras na resposta não me interessas... eu não tenho CLASSE para falar contigo... não andei no Luso-Francês (é que esta do Luso-Francês foi mesmo a piada do século...e n sei pq, tenho a ligeira sensação que as escolas que frequentei são bem mais conceituadas que a tua, mas se queres que te diga aprendi muito mais com a vidinha do que na bela da escolinha bonita)

 

lolol óh mai ui, je parle francais

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então.. mas ainda agora me disseram que ler Miguel Esteves Cardoso era um erro no que diz respeito aos hippies...

Ah, queres que eu vá ler um livro que só diga bem dos hippies! tipo aqueles que só falam dos benefícios da marijuana. Muito bons esses!

 

Trabalhar menso importante que ler sobre hippies. Boa! Mas não obrigado, já estou a ir para casa..

 

Não se chateiem comigo, eu tenho ideias diferentes das vossas e não é para dar nas vistas. Vamos evitar conflitos.

Uns defendem a liberdade de expressão, as minorias e tal.. nota-se! E o plur também.. Chamem-me hipócrita. Lol

 

 

Eu tembém não andei no luso-francês. Andei na secundária de gondomar.. no meio dos gandinos, gunas e explodidores de sanitas.

Sol.. eu não me estou a superiorizar a ninguém. Tu é que te estás a inferiorizar a mim, não sei se já reparaste ;)

 

Pronto, volto aqui para a semana. Senão sou crucificado como fui no aborto. É fodido pensar diferentemente dos "hipes".

Share this post


Link to post
Share on other sites
Uns defendem a liberdade de expressão, as minorias e tal.. nota-se! E o plur também.. Chamem-me hipócrita. Lol

 

hipócrita! .... já tá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Claro. realmente é um perigo o teu filho ser bilingue e ter acesso a uma das melhores educações.

 

 

Oh pah oh pah ... avozinha para por favor :D olha .. eu ->falo<- fluentemente bem contadas perto de 8 linguas e só tenho o 9º ano :rolleyes: confesso que por vezes na escrita me baralho ... mas é a vida ...

 

Até podes estar na melhor escola/unversidade do mundo ... mas se cresceste como "idiota" "idiota" serás ...

 

 

Muitos dos meus amigos mais "abastados" também frequentavam um tal de Internado de St. António .. que é conhecido a nivel nacional ... e adivinha ... um bando de traficantes com más notas com a mania da revolta porque os paizinhos os tinham "fechado" lá :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu por acaso curtia bue ter estudado em colegios privados..

tinha conhecido a coca muito mais cedo , e agora era um yupy em vez um hippie..

:gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Claro. realmente é um perigo o teu filho ser bilingue e ter acesso a uma das melhores educações.

 

 

Oh pah oh pah ... avozinha para por favor :D olha .. eu ->falo<- fluentemente bem contadas perto de 8 linguas e só tenho o 9º ano :rolleyes: confesso que por vezes na escrita me baralho ... mas é a vida ...

 

AH! por isso é que dás tantos erros. compreendi-te.

Share this post


Link to post
Share on other sites
tinha conhecido a coca muito mais cedo , e agora era um yupy em vez um hippie..

:gap:

 

já vais baralhar o pessoal todo. pá.

 

;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

A questão é que para onde essa sociedade que tanto defendes está a caminhar, possivelmente o que o teu filho vai aprender nesse colégio xpto não vai ser util para o futuro que o espera.

 

Chama-me alarmista ou não, mas a vida como conhecemos está prestes a sofrer grandes e graves alterações... se o hippie é parasita da sociedade, a sociedade é parasita... melhor o virus do planeta terra.

 

Mas opiniões são opiniões, respeito a tua, e não sei se é correta ou errada, como a minha, apenas tentamos fazer o melhor para nós e para quem depende de nós, só axo que generalizar é mau, minha geração foi chamada de rasca, sr. miguel esteves cardoso diz uma burrice generalista dessas... e ainda tem quem concorde, conheço "hippies" que são pais muito concientes, autosuficientes, e tomam banho.

 

Axo que preferia ser filho de Hippie, tendo atenção, carinho e afecto de meus pais, mesmo sem muitas condições materiais, do que ser filho de Workaholics, que por não terem tempo para dar atenção aos seus filhos, em detrimento de terem dinheiro para o colégio e para as condições materias, os enchem de brinquedos e vontades feitas por causa de sentimento de culpa. Caindo noutro erro de na realidade não os preparar bem para a vida, pois estão habituados a ter tudo de mão beijada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A questão é que para onde essa sociedade que tanto defendes está a caminhar, possivelmente o que o teu filho vai aprender nesse colégio xpto não vai ser util para o futuro que o espera.

 

Chama-me alarmista ou não, mas a vida como conhecemos está prestes a sofrer grandes e graves alterações... se o hippie é parasita da sociedade, a sociedade é parasita... melhor o virus do planeta terra.

 

Mas opiniões são opiniões, respeito a tua, e não sei se é correta ou errada, como a minha, apenas tentamos fazer o melhor para nós e para quem depende de nós, só axo que generalizar é mau, minha geração foi chamada de rasca, sr. miguel esteves cardoso diz uma burrice generalista dessas... e ainda tem quem concorde, conheço "hippies" que são pais muito concientes, autosuficientes, e tomam banho.

 

Axo que preferia ser filho de Hippie, tendo atenção, carinho e afecto de meus pais, mesmo sem muitas condições materiais, do que ser filho de Workaholics, que por não terem tempo para dar atenção aos seus filhos, em detrimento de terem dinheiro para o colégio e para as condições materias, os enchem de brinquedos e vontades feitas por causa de sentimento de culpa. Caindo noutro erro de na realidade não os preparar bem para a vida, pois estão habituados a ter tudo de mão beijada.

 

 

Na mouche ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Xii tanta gente a atacar-me!! Desculpem lá não gostar de hippies, tá? :gap:

 

Não consigo responder a toda a gente, por isso vou sintetizar.

 

Por favor, não me venham dizer como hei-de educar os meus filhos. Metam os vossos na escola do Cerco que eu meto os meus no Luso-Francês. É tudo uma questão de probabilidades, e eu jogo com elas para tentar obter os melhores resultados. Só quero o melhor para eles. Não vou ser um pai do tipo fascista absolutista. Anyway, não devo explicações a ninguém acerca disso. ;)

 

kerouac e quem és tu para decidir quem é hippie ou não? Tu tens o teu conceito e eu tenho o meu. E o meu resume-se a tamancos com uma casa-carrinha a passear de sítio em sítio que sobrevivem a vender droga. Se tu gostas dos eremitas, altamente! Mas para mim os eremitas não são hippies, são gente do campo que vive em sociedade e não chateia ninguém. Gente auto-suficiente. Mas espera lá, um eremita não é uma pessoa que vive na solidão, com os seus pensamentos? Acho que há aqui um equívoco de conceitos.

Não creio que os hippies dos anos sessenta fossem eremitas.. se bem me lembro andavam eles nas cidades todos em ácidos a fazer sexo que nem coelhos zangados. Peace and love and make love com a piçe. :gap:

 

Quanto aos rótulos.. pá.. ainda não me disseram directamente, mas vocês devem achar-me um elitista prepotente. E não gostam de mim.

Eu chamo hippies aos hippies e não gosto deles.

E é assim a vida. Um ciclio vicioso de amores e ódios. Onde as pessoas são parasitas umas das outras, mas essa é a nossa evolução. Se não gostas da evolução, tens bom remédio: Toma 605 forte e passas para um estádio de regressão.

 

E claro está, hippies e toxicodependentes era metê-los todos numa ilha e deixá-los lá para formarem a sua "sociedadezinha do amor". Ao menos não empatam a vida de quem trabalha. E anda aqui um gajo a pagar impostos para esses palermões andarem a fumar ganzas e meter agulhas nos braços e a coçar os tomates o dia todo. LINDO!

 

avô... sem dúvida que deves ser uma pessoa interessante de se conhecer... ia ser cada conversinha uiui

 

e pronto...eu pela minha parte, irei alertar os meus filhos dos perigos que representam os idiotas do Luso-Francês...

 

é só mania né!!!!

 

Tchiiiii, tóma lááá!!!! Mesmo assim ;)

 

Ápá avózinhaa, mas que mentalidade essa? já pensas-te em criticar a tua vida primeiro, e depois logo falas dos outros? Aparentemente tens "hight standarts" pra tua vida e dos teus, e ainda bem! Pá mas será que precisas de criticar a escolha de vida dos outros a maneira que eles acharam ser melhor para eles e tambem os seus filhos? Já pensas-te que é a escolha de vida que a pessoas fazem que lhes permite serem mais ou menos felizes, e que se calhar também hão de gostar de viver como vivem, ñ? E ao contrario do que dizes, e q tambem já foi dito, os que chamas hippies, trabalham, para fazerem o que gostam, quando podem como podem, e a meu ver se puder dar uma ajuda dou, como já dei antes e volto a dar, da maneira que eu puder ajudar na altura.....

 

Agora por seres "diferente", e talvez realmente por tares cansado da sociedade em que vives, ñ precisas de te vangloriar com o que podes ou vais poder dar aos teus e a ti, isso cabe a ti decidir, e talvez guardares pra ti, visto a tua maneira de partilhar o que pensas e o que sentes..... Ñ é preciso ser agressivo com a sociedade, assim ñ tens nada que queiras de volta!!!

 

Sei que sou um gajo com a cabeça fudida, pá mas tu mete-me essas ideias em ordem!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Claro. realmente é um perigo o teu filho ser bilingue e ter acesso a uma das melhores educações.

 

 

Oh pah oh pah ... avozinha para por favor :D olha .. eu ->falo<- fluentemente bem contadas perto de 8 linguas e só tenho o 9º ano :rolleyes: confesso que por vezes na escrita me baralho ... mas é a vida ...

 

AH! por isso é que dás tantos erros. compreendi-te.

 

 

Português, Esperanto, Inglês, Francês, Castellano, Catalan, Gallego e dou uns arranhaços num tal de Alemão e num tal de Euskari :)

 

Mas definitivamente a lingua que mais gosto é : 0101110101110101000110101 :smokinggun:

Share this post


Link to post
Share on other sites

:meditar:

A questão é que para onde essa sociedade que tanto defendes está a caminhar, possivelmente o que o teu filho vai aprender nesse colégio xpto não vai ser util para o futuro que o espera.

 

Chama-me alarmista ou não, mas a vida como conhecemos está prestes a sofrer grandes e graves alterações... se o hippie é parasita da sociedade, a sociedade é parasita... melhor o virus do planeta terra.

 

Mas opiniões são opiniões, respeito a tua, e não sei se é correta ou errada, como a minha, apenas tentamos fazer o melhor para nós e para quem depende de nós, só axo que generalizar é mau, minha geração foi chamada de rasca, sr. miguel esteves cardoso diz uma burrice generalista dessas... e ainda tem quem concorde, conheço "hippies" que são pais muito concientes, autosuficientes, e tomam banho.

 

Axo que preferia ser filho de Hippie, tendo atenção, carinho e afecto de meus pais, mesmo sem muitas condições materiais, do que ser filho de Workaholics, que por não terem tempo para dar atenção aos seus filhos, em detrimento de terem dinheiro para o colégio e para as condições materias, os enchem de brinquedos e vontades feitas por causa de sentimento de culpa. Caindo noutro erro de na realidade não os preparar bem para a vida, pois estão habituados a ter tudo de mão beijada.

 

 

:meditar:

Share this post


Link to post
Share on other sites
conheço "hippies" que são pais muito concientes, autosuficientes, e tomam banho.

 

:o

 

roflol!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...