Jump to content

Colaco

Elastiko VIP
  • Content Count

    38
  • Joined

  • Last visited

About Colaco

  • Rank
    Elastiko(a)

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Mata-Ratos | quinta, 26 Dez | 10€ pré-venda / 12€ dia Nada melhor que um assalto às tascas depois de uma farta jantarada / almoçarada / ceiazada de Natal. Todos ao Sabotage para uma forte dose de Infâmia, dia 26 de Dezembro, após as 22.30h até que Deus deixe ou até que sejamos EXPULSOS DO CAIS! Bilhetes já à venda em https://bit.ly/2OvUzZ5 https://www.facebook.com/events/814378172327862/
  2. The trilogy is complete!!! On the 7th of December, the best party of the Year returns to kick you in the ass before 2020 rolls in! Expect severe amounts of alcohol, brutal Christmas Joy, sensual Magma Wear merch and the best quality of music! Speaking of music, meet our Death Christmas Carolers: Bokluk: Another band that played at SWR to a criminally underrated crowd during the afternoon. From A Coruña, a place that shits out more awesome grind and death bands than most places, they play the kind of death metal that knows no bullshit, only blast-beat violence. Friends of our last Mariachis La Hija del Carroñero and Hvmvcvdv GRIND, you can expect the same level of crazy, murderrific moshing from them. Soul of Anubis: Doom Sludge trio from Santa Maria da Feira, showing everyone that the town has more to offer than over-hyped medieval parties once a year. Groovy and terrifying at the same time, they will break Santa's neck with their cavernous riffs. Aischrolatry: (No FB yet, sorry thots) The best kind of noisegrind is fresh. So instead of cooking their recipes at home, this grindcore duo makes shit up on the spot to bring you the best improv sonic terrors, served table-side. You will feel the freshness of this show, if you don't cum, you should see a doctor immediately. Divine Ruin: From the makers of Outeiro Metal Fest and RUINA (first Metal Fiesta) comes a Death/Thrash/Prog experiment that is guaranteed to kick start this Christmas party with a bang. What is Christmas if not the decadent, exploited ruin of Divinity...we don't know what we're talking about, just get drunk on the Christmas Spirit. A F T E R P A R T Y - Correct boys and grills, Metal Fiesta 3 will have an AFTERPARTY right there at Metalpoint, this will be handled by our Partners from CVLTO! Hopefully they will do a great job to avoid Hugh Dick's infinite rage, but we know we can count on them! Don't be a poser grinch asshole, let's all get wasted to death because it's Christmas and Jesus totally looked like a Metalhead.
  3. When You're Strange é um documentário sobre a banda de Rock The Doors. Foi escrito e dirigido por Tom DiCillo e pela primeira vez o material do filme de Jim Morrison HWY: An American Pastoral de 1969, foi publicamente divulgado. O tecladista do Doors, Ray Manzarek afirmou que: "Esta será a verdadeira história dos Doors", e que o filme vai ser "o anti-Oliver Stone", referindo-se ao filme de 1991 sobre o grupo que Stone dirigiu, e que atraiu um bocado de críticas de muitos fãs dos Doors. O documentário foi exibido primeiro no Sundance Film Festival, em 17 de Janeiro de 2009. Ele recebeu críticas pouco favoráveis pela narração (pelo diretor DiCillo) foi apontada pela maioria dos telespectadores, muito seriamente danificado pela sua entrega monótona. Devido à onda de denúncias sobre a narração, Johnny Depp foi contratado para narrar novamente. Poucos meses depois, DiCillo pronunciada do filme "praticamente fechado", e anunciou que haveria uma demonstração da nova versão. Ele estreou no Los Angeles Film Festival, no domingo 21 junho, 2009. O filme completo também foi mostrado no London Film Festival em Outubro 16-18, 2009. O filme foi lançado nos cinemas em 9 de abril de 2010, com uma liberação de trilha sonora em 6 de abril de 2010. Foi lançado no Canadá em 15 de abril, 2010. PBS apresentou este filme como parte de sua série American Masters em 12 de maio de 2010. O filme foi lançado em DVD em 29 de junho de 2010. Na França, o filme, distribuído pela MK2, foi lançado sob o título original e recebeu uma excelente recepção. Robbie Krieger acredita que o filme reúne um retrato mais preciso de Morrison do que o filme de 1991, afirmando: "Eu acho que quando você vê o filme de Oliver Stone - Estou impressionado como Val Kilmer fez bem - mas, você sabe, o problema com que filme é que o roteiro era meio estúpido. Realmente não captura como Jim era em tudo. Isso lhe dá uma visão muito melhor de como sua mente trabalhava, eu acho." Krieger se sentiu "muito feliz" sobre como o filme acabou, creditando em especial o trabalho de edição. Os membros sobreviventes da banda decidiram não se envolver muito no projeto para "tentar conseguir o certo equilíbrio neutro que um estranho poderia tentar conseguir."
×
×
  • Create New...