Jump to content
goblinoid

Clean-head

Recommended Posts

Foi o que me salvou dos cavalos em almeirim :gap:

 

Soltaram a manada? :lol:

 

...editei a coisa e vou colocar no próximo episódio episódio do startrek...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É a minha "droga" de eleição. E tomo 3 ou 4 vezes por ano. Mas são sempre experiências fantásticas. Cheias de significado; que se "printam" no sub-consciente de forma indelével.

 

 

 

Same here! E por serem tão poucas é que sabem tão bem... :)

Same here too...

e quando da aqueles ataques de risos...ui...ate as bochechas doiem... :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não, mas a minha Mãe chorou! :D

 

x2 ! :lol:

 

 

 

 

1ª questão - Nunca sózinha!

4ª questão - Nunca sózinha.

5ª questão - Nunca sózinha.

6ª questão - Nunca sózinha

 

É a minha "droga" de eleição. E tomo 3 ou 4 vezes por ano. Mas são sempre experiências fantásticas. Cheias de significado; que se "printam" no sub-consciente de forma indelével.

 

 

Vai com calma!

 

:)

 

Ora aí esta !... e epá,de repente deu-me a sensação que estou a ficar tenro :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Homem Cósmico também daria um bom contributo a este tópico, alucinar ao natural, alimentar-se de luz e o bio-diesel como o novo messias do mundo moderno etc...etc...

 

Eu já estou como a Alcina Lameiras "...Não negue à partida uma ciência que desconhece..."

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Homem Cósmico também daria um bom contributo a este tópico, alucinar ao natural, alimentar-se de luz e o bio-diesel como o novo messias do mundo moderno etc...etc...

 

Eu já estou como a Alcina Lameiras "...Não negue à partida uma ciência que desconhece..."

 

 

Mais logo já converso um bocadinho sobre o "alimentar-se de luz", ainda bem que me lembraste. Tinha mesmo que vos falar sobre isso :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É a minha "droga" de eleição. E tomo 3 ou 4 vezes por ano. Mas são sempre experiências fantásticas. Cheias de significado; que se "printam" no sub-consciente de forma indelével.

 

 

 

Same here! E por serem tão poucas é que sabem tão bem... :)

 

Same here, embora tenha agora uma relação diferente porque ando em guerra comigo mesmo. Tenho saudades da minha inocência, quando o ácido era bem mais inócuo na minha mente. Penso demais. LOL.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pronto, vamos então chegar a um consenso. Eu vou acreditar em vocês e não coloco mais nenhuma experiência minha ao barulho. Até porque vocês devem ser mais sábios que eu, tenho poucos anos de vida.

 

 

Ó Maria!! ACORDA!

 

Levas jás uma chapada! Então agora que andas a usar a cabeça dizes que vais comer e calar? PENSA!! USA ESSE PEDAÇO DE CARNE QUE AÍ TENS!

Não te deixes ir abaixo porque alguém tem opinião diferente de ti. Eu respeito-te e não te conheço. Estás aqui a meia dúzia de dias, tens a tua maneira de ver o mundo e não te drogas. Também não estás fechada na tua razão e até ouves e vais discutindo o que os outros têm para te dizer. Podes aprender, mas também ensinas. Aqui não há ninguém melhor ou pior (embora eu esteja tentado a pensar em alguns nomes) do que tu... somos todos a mesma MERDA.

 

Vá, continua a discutir, que este é o único tipo de discussão que não é deprimente e decadente.

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

... Tenho saudades da minha inocência, quando o ácido era bem mais inócuo na minha mente. Penso demais. LOL.

 

Como serei daqui a 20 anos...!? :sad:

Share this post


Link to post
Share on other sites

... Tenho saudades da minha inocência, quando o ácido era bem mais inócuo na minha mente. Penso demais. LOL.

 

Como serei daqui a 20 anos...!? :sad:

 

serás uma pessoa automática como tantas outras

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pronto, vamos então chegar a um consenso. Eu vou acreditar em vocês e não coloco mais nenhuma experiência minha ao barulho. Até porque vocês devem ser mais sábios que eu, tenho poucos anos de vida.

 

 

Ó Maria!! ACORDA!

 

Levas jás uma chapada! Então agora que andas a usar a cabeça dizes que vais comer e calar? PENSA!! USA ESSE PEDAÇO DE CARNE QUE AÍ TENS!

Não te deixes ir abaixo porque alguém tem opinião diferente de ti. Eu respeito-te e não te conheço. Estás aqui a meia dúzia de dias, tens a tua maneira de ver o mundo e não te drogas. Também não estás fechada na tua razão e até ouves e vais discutindo o que os outros têm para te dizer. Podes aprender, mas também ensinas. Aqui não há ninguém melhor ou pior (embora eu esteja tentado a pensar em alguns nomes) do que tu... somos todos a mesma MERDA.

 

Vá, continua a discutir, que este é o único tipo de discussão que não é deprimente e decadente.

Obrigado.

 

eu até acho legitimo. A rapariga parece vir em sentido contrario em plena auto-estrada, é normal que queira sair já na próxima saída

lol

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois, eu sei, mas aqui podemos andar contra a mão, desde que no lugar do condutor.

 

A Sorinz ainda tem muito para falar nestas tertúlias, tenho a certeza :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoas, não levem isto muito a sério. Claro que se tem pouca credibilidade numa pessoa que não conhecem e que chega aqui e diz que alucina sem drogas. Eu não vos consigo explicar as coisas, como vocês dizem é extremamente complicado descrever experiências, e é mesmo. Eu já vos tentei dizer que as minhas experiências alucinantes podem não ter nada a ver com o que vocês vêm. Mas mais uma vez digo-vos que não deixam de ser alucinações. Gente, não tenho necessidade nenhuma que vocês acreditem em mim. Já deu para perceber que a minha palavra aqui não tem significado algum. No problemo :)

 

A cena é que é-me muito mais difícil andar na Terra (mentalmente) do que lá fora, que nem sei bem onde é. É como se todos os dias visitasse "dimensões" diferentes, é isto que eu sinto. Sou bué alienada. Quem me conhece pessoalmente sabe disso.

Às vezes os meus olhos mexem-se bué depressa de um lado para o outro :gap: mas é mais quando ouço alguma coisa. Yah já não tem nada a ver com a conversa, mas como me estou a rir ao escrever isto vou continuar. Ainda hoje perdi a noção de profundidade quando ia na rua, e claro tive que parar e concentrar-me, senão era bem provável que fizesse figura de parva, as usual.

 

Quando eu fumava alguma coisa, antes, passava o tempo todo a ouvir: "Soraia, Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia,Soraia, o que é isso? Não gosto disso. Tás a fazer o quê? Soraia, tás doida, pára. Porque é que não páras? Soraaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaa! Vou ficar chateado contigo. Tu não me estás a ouvir, vais-te arrepender. Soraia, Soraia, Soraia, Soraia!"

 

E o mesmo acontecia quando bebia áclool ou se por acaso fumasse um simples cigarro.

 

Claro que é preferível chorar de felicidade do que ouvir isto.

nice :flower:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que é preciso diferenciar do que se está a falar, se é dos efeitos físicos/psicológicos (alucinações e pseudo-alucinações, sinestesias, dissolução do ego, compressão e distensão do tempo, etc..) ou se falamos dos efeitos que estas experiências podem ter após ela ter terminado, como o boom de perspectivas diferentes a que se tem acesso, capacidade de pensar muito mais no abstracto, capacidade de questionar o que até então era um dado adquirido, capacidade de nos abrirmos aos outros, etc..

 

Acredito que tanto a experiência psicadélica como a experiência "pós-psicadélica" pode ser experiênciada por qualquer um e pode ser despoletada por qualquer outra experiência, sem haver o envolvimento de uma substância externa que altere a composição do organismo,

 

Eu acho muito redutor dizer que não é possível alguém experienciar o efeito de transformação que as drogas produzem sem as tomar, simplesmente porque cada um vive com o seu próprio cérebro e com as suas próprias experiências. Eu pelo que já li sobre neurologia e neurociência acho perfeitamente possível haverem pessoas que têm os mesmo efeitos que se têm com, por exemplo, psicadélicos. O cérebro é mesmo muito complexo, e a complexidade com que se forma a consciência (que inclui perspectivas, sentimentos, emoções, razão, etc..) depende não só das experiências que temos desde que nascemos mas também da composição química do nosso cérebro (que determina a maneira como analisamos e integramos essas experiências) - e esta composição é afectada não só pela pré-disposição genética, mas também pelos próprios orgãos reguladores dos neuroquímicos do cérebro e pela própria experiência que se viveu e vive). Ou seja, é tudo muito complexo (que até hoje nem é bem compreendido) e é tudo muito variável. A realidade que cada um vive é mesmo muito distante e eu acredito que a maioria das pessoas se esquece deste facto porque utilizamos uma linguagem comum para comunicar. Amor ou dor não são a mesma coisa para duas pessoas diferentes, no entanto podem utilizar as mesmas palavras para as descrever - as palavras são limitadas, os sentimentos e perspectivas não.

 

Os lugares inacessíveis que muita gente dizem ser sem drogas, podem estar disponíveis para outrem desde a nascença. Agora, não sei se é a Sonrinz, o Dalai Lama ou alguém...cada pessoa de certeza consegue ir pelo menos a um lugar que outros têm mais dificuldade em entrar. É muito difícil falar de realidades ou de experiências quando só temos um X nº de palavras. Quando eu penso A, digo B para vocês perceberem, vocês lêm B e pensam C. E andamos nisto..

 

Quanto ao efeito físico, obviamente que é possível. Quando se toma psicadélicos não se alucina verdadeiramente (esse efeito esta reservado aos delirantes, tipo datura), têm-se pseudo alucinações - no entanto o cérebro com um bocadinho mais de febre, ou com uma infecção que prolifere no organismo pode ter alucinações verdadeiras, como se de um esquizófrénico se tratasse - ou seja, o mecanismo de alucinar e distorcer é uma função "conhecida" do cérebro. Depois, o efeito placebo, que pode ir desde uma mulher acreditar que está grávida e o corpo adaptar-se (desenvolver estruturas físicas e mentais e uma grávida) mesmo não havendo feto, até a uma profunda alteração da consciência se acreditarmos que ela vai ser alterada. No entanto, nem toda a gente que pensa que está grávida vai ganhar leite nas mamas e lhe vai parar a menstruação, depende sempre experiência interna e externa da pessoa..

 

No livro Pihkal o Dr. Sulgin conta duas estórias interessantes, a primeira é quando ele está na Marinha praí com 19 anos e depois de ter feito um corte profundo na mão o médico lhe dá um copo com um liquido e diz-lhe " este é o soporífero mais potente que existe, depois do primeiro golo vais perder a consciência". Ele bebe, cai para o lado, e mais tarde o médico diz-lhe que era água com açucar - foi aqui, diz ele, que ele percebeu a grandiosidade do cérebro. A segunda passou-se nos anos 70, a mulher dele Ann tomou um composto inactivo (o mesmo que tomar água com açucar) e passou uma semana completa num estado completamente alterado, como de uma longa trip se tratasse, e ao fim de uma semana todos os efeitos se dissiparam, sem nenhum "antídoto" - de notar que aquandop esta experiência ela já tinha tido centenas de experiências, digamos "hardcore", como DOM, DOI, DMT injectavél, etc.. ou seja, forma de comparação não lhe faltava e NÂO, Não havia hipotese que haver resquícios de drogas no cérebro (a gota de ácido no cérebro é um MITO!).

 

No entanto, não desvalorizo em nada as experiências com substâncias, aliás, pelo contrártio, é um tema que me fascina imenso. Pode ser um óptimo catalizador para quem tem mais dificuldade em aceder a certos estados ou para entender o funcionamento do cérebro ou das próprias experiências.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Charade!!! Volta crlh!

 

Alguém me chamon? :gap:

 

 

Evito vir a este tópico que é para não ler barbaridades, e pensar que afinal as pessoas estão mais queimadinhas do que eu pensava :rolleyes:

  • Like 1
  • Downvote 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Share this post


Link to post
Share on other sites

Evito vir a este fórum que é para não ler barbaridades, e pensar que afinal as pessoas estão mais queimadinhas do que eu pensava :rolleyes:

 

 

:closedeyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Charade!!! Volta crlh!

 

Alguém me chamon? :gap:

 

 

Evito vir a este tópico que é para não ler barbaridades, e pensar que afinal as pessoas estão mais queimadinhas do que eu pensava :rolleyes:

 

 

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

 

 

 

Charade, cada vez mais me pergunto o que andas tu a fazer neste forum. Fazes lembrar a mae que vai ver filho na parada e diz "olhem bem o meu filho, todos a marchar mal e so ele eh que vai bem!" :lol:

 

 

Define "queimadinho", ja agora... :rolleyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom texto uber, vai assim que não tenho mais votos hoje :)

  • Like 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, em relação ao topico.....!!!.e sem estar a entrar em linguagem muito tecnicista, vejo aqui a defesa de duas maneiras diferentes de percepcionar a realidade, e não considero que nenhuma seja menos valida que a outra, apenas na maneira de como se chega lá, e no propósito com que se vai la.

 

Eu tb ja entrei nalguns estados de meditação que equiparo a altos estados alterados de consciência, tal como ja tive experiências que nenhuma outra substancia ainda me conseguiu dar. E a verdade é que consigo repeti-las quantas vezes eu quiser sem recurso a mais nada que nao a minha mente...

Agora, esse tipo de relatos num fórum onde 90% dos users estão fortemente familiarizados com as alucinações e sensações de substancias, é sempre difícil ter alguma aceitação..o que no fundo até acho normal (e até legitimo) que estandardizem as drogas como as grandes alteradoras de estados de consciência, mas por outro lado encurta consideravelmente a tertúlia quando reduzem essa hipótese ao limite da compreensão de cada um...

 

:dndrugs:although i´m always curious to know how are they :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, em relação ao topico.....!!!.e sem estar a entrar em linguagem muito tecnicista, vejo aqui a defesa de duas maneiras diferentes de percepcionar a realidade, e não considero que nenhuma seja menos valida que a outra, apenas na maneira de como se chega lá, e no propósito com que se vai la.

 

Eu tb ja entrei nalguns estados de meditação que equiparo a altos estados alterados de consciência, tal como ja tive experiências que nenhuma outra substancia ainda me conseguiu dar. E a verdade é que consigo repeti-las quantas vezes eu quiser sem recurso a mais nada que nao a minha mente...

Agora, esse tipo de relatos num fórum onde 90% dos users estão fortemente familiarizados com as alucinações e sensações de substancias, é sempre difícil ter alguma aceitação..o que no fundo até acho normal (e até legitimo) que estandardizem as drogas como as grandes alteradoras de estados de consciência, mas por outro lado encurta consideravelmente a tertúlia quando reduzem essa hipótese ao limite da compreensão de cada um...

 

:dndrugs:although i´m always curious to know how are they :gap:

 

Liquido,

obviamente que encurta, mas quando se discute algo que se sente/experiencia é díficil medir para depois comparar. Era ridículo estarem duas pessoas a discutir se uma terceira já sentiu o amor, ou se o amor que ela realmente sente (não o que demonstra) é grande ou pequeno, se ela tem legitimidade ou capacidade ou não para o sentir, ou tecer formulaçoes que ela nunca era capaz de experienciar porque nunca teve parceiro/a. É uma área complexa demais para serem outros a dizer o que nós experienciamos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

hmmm, julgo que não entendeste bem o meu post, ele não era sobre o que se sente ou como se sente, era sobre a dúvida da nossa capacidade de ter experiências sem recurso a substâncias.

Porque ultrapassando essa "barreira", sim, concordo plenamente com a dificuldade (ou mesmo duvida) do quanto ou como se sente...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Podemos sempre duvidar da nossa capacidade de experienciar as coisas, mas para fazermos isso temos de admitir um mínimo aceitável para ser compreendido como normal ou comum. Se vamos duvidar de nós, podemos igualmente duvidar desse pressuposto normal, e andamos sempre na mesma roda viva :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

clean-head é algum sub-género de skin-head?... :gap:

 

just kidding...sorry pelo off-topic... ;)

 

quanto ao tópico, já li de tudo e concordo com muita coisa de ambos os lados, cada um sabe de si e o resto é conversa... :closedeyes:

eu ouço psytrance praticamente todos os dias e é lógico que não preciso de estar, nem estou obviamente, sob o efeito de drogas para viajar com muitas das músicas que ouço no dia a dia...agora que realmente as "ditas" nos podem trazer sensações e estados de transe em conjugação com a própria música, isso é obviamente outra verdade incontornável, por isso como já se disse quem usa convém saber como usá-las e a moderação que deve ter, quem não as usa e sente que delas não precisa, então que se dê por muito satisfeito por conseguir atingir esses ditos estados de alteração (não interessa estarmos aqui a discutir se são iguais ou não, pois nem uns nem outros sabem...) sem precisar delas... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem é que ainda não sonhou que estava em ácido? :gap:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pronto, vamos então chegar a um consenso. Eu vou acreditar em vocês e não coloco mais nenhuma experiência minha ao barulho. Até porque vocês devem ser mais sábios que eu, tenho poucos anos de vida.

 

 

Ó Maria!! ACORDA!

 

Levas jás uma chapada! Então agora que andas a usar a cabeça dizes que vais comer e calar? PENSA!! USA ESSE PEDAÇO DE CARNE QUE AÍ TENS!

Não te deixes ir abaixo porque alguém tem opinião diferente de ti. Eu respeito-te e não te conheço. Estás aqui a meia dúzia de dias, tens a tua maneira de ver o mundo e não te drogas. Também não estás fechada na tua razão e até ouves e vais discutindo o que os outros têm para te dizer. Podes aprender, mas também ensinas. Aqui não há ninguém melhor ou pior (embora eu esteja tentado a pensar em alguns nomes) do que tu... somos todos a mesma MERDA.

 

Vá, continua a discutir, que este é o único tipo de discussão que não é deprimente e decadente.

Obrigado.

 

 

Claro que eu não vou comer e calar. No máximo estava uns dias sem responder xD

 

Não sei mais o que vos hei-de dizer. Já tentei explicar da melhor maneira o que se passa comigo, é-vos difícil acreditar, e eu como continuo a viver feliz sem a vossa "aprovação" decidi não insistir mais. Mas se querem continuar eu não me importo nada :) Já aprendi imensas coisas com o que li, e agradeço-vos por isso. Não penses que por eu deixar de discutir (saudavelmente) eu ia largar os meus ideais e essas coisas, ui nem perto. Não é com meia dúzia de palavras que me trocam toda eheheh

 

Uber, que grande texto que escreveste!! :D Muito nice mesmo, é óptimo saber que há mais pessoas que confiam nas capacidades da mente.

Liquid Shape é isso mesmo, a partir do instante em que conhecemos determinada experiência é simplíssimo alcançá-la de novo. Quando eu medito também consigo chegar "lá" mais rapidamente porque já sei qual é a sensação, depois é deixar levar. Engraçado que a experiência no fim é sempre diferente.

 

 

Quero dizer uma coisa sobre as pessoas que se alimentam de Luz. Eu sexta fui a mais uma sessão de cura quântica e o "médico" disse que já estava sem comer desde de manhã, isto eram sete da noite. Eu perguntei-lhe se não tinha fome nem sede, e ele disse que não, a energia alimentava-o. Quando ele começa os tratamentos eleva-se a um plano energético mais evoluído, e como tem mais energia o corpo não precisa de alimentos para obter a energia. Depois de ouvir isto perguntei-lhe se era verdade que havia pessoas que estavam anos sem comer, alimentando-se apenas de energia. Ele com uma cara de preocupação só me diz "Tu não faças uma coisa dessas! É verdade sim, mas são casos raríssimos, muito poucos mesmo. São pessoas muito especiais, e é preciso um equilíbrio de mente enorme."

Fiquei naquela, às tantas é verdade... Ok eu acredito nisso, já há algum tempo xD (sorry o offtopic)

Share this post


Link to post
Share on other sites

A única pessoa em portugal que esteve meses sem comer era militar (se isso ajudar a perceber o controlo da mente).

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Alguém me chamon? :gap:

 

 

Evito vir a este tópico que é para não ler barbaridades, e pensar que afinal as pessoas estão mais queimadinhas do que eu pensava :rolleyes:

 

 

Pois olha aviso-te já, e espero que leias todas as letras o que escrevo, que estes as quem chamas "queimadinhos" são pessoas muito inteligentes e com uma cultura brutal, que me ensinaram coisas brilhantes. Não quero partir para a ofensa, mas até podemos ser clean-head os dois mas parecemos mais burros do que eles, ele que mandam coisinhas, droguinhas.

:flower:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Evito vir a este fórum que é para não ler barbaridades, e pensar que afinal as pessoas estão mais queimadinhas do que eu pensava :rolleyes:

 

 

:closedeyes:

 

Caso não saibas também é chamado de "fórum" cada secção/área de um fórum ;)

 

 

 

Pois olha aviso-te já, e espero que leias todas as letras o que escrevo, que estes as quem chamas "queimadinhos" são pessoas muito inteligentes e com uma cultura brutal, que me ensinaram coisas brilhantes. Não quero partir para a ofensa, mas até podemos ser clean-head os dois mas parecemos mais burros do que eles, ele que mandam coisinhas, droguinhas.

:flower:

 

E achas que têm essa cultura porque se drogam Sorinz? :unsure:

 

Do parecer ao ser, vai uma longa distância ;)

  • Downvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ohh :(

 

então e novidades???

 

 

cria-as

 

Pronto .

(caso veridico)

Até conheço uma pessoa que por acaso é uma rapariga também, que diz como que tal e qual, que sofre do mesmo mal. Só que pronto até vejo agora algumas diferenças do ego.

 

:gap:

 

interessss'thing!

Share this post


Link to post
Share on other sites

E achas que têm essa cultura porque se drogam Sorinz? :unsure:

 

Do parecer ao ser, vai uma longa distância ;)

 

tomam ou tomaram drogas e teem essa cultura .. talvez para corroer a ideia que quem consome é necessariamente queimado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

Pois olha aviso-te já, e espero que leias todas as letras o que escrevo, que estes as quem chamas "queimadinhos" são pessoas muito inteligentes e com uma cultura brutal, que me ensinaram coisas brilhantes. Não quero partir para a ofensa, mas até podemos ser clean-head os dois mas parecemos mais burros do que eles, ele que mandam coisinhas, droguinhas.

:flower:

 

E achas que têm essa cultura porque se drogam Sorinz? :unsure:

 

Do parecer ao ser, vai uma longa distância ;)

 

Não foi isso o que quis dizer. O facto de eles se drogarem não implica que sejam uns burrinhos que nem sabem escrever meia dúzia de linhas, pelo contrário mostram uma grande cultura. Não quis dizer que por usarem drogas sejam mais cultos, mas sim que apesar de o fazerem não são pessoas coiso, como se costuma ver e que me fazem generalizar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

que coiso...

 

:gap:

 

ohhh parvalhão! ahahah

 

era para não te chamar inculto/estúpido/burro, etc etc...

Share this post


Link to post
Share on other sites

ect ect ect...

 

:gap:

 

Tem calma !

 

os edit's é mesmo para isso !

 

chill out ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

ect ect ect...

 

:gap:

 

Estava mesmo a pensar que ias "gozar" com isso, mas não consegui editar antes que visses. Enganei-me :closedeyes:

 

xD

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok.. ;)

 

já que é para assumir... O "que coiso..."

 

Era uma ironia.

 

:gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há pessoas e pessoas Sorinz :rolleyes:

 

Claro, tens toda a razão :)

Mas pelo que tenho visto nestes últimos tempos não me parece que as drogas lhes tenham queimado a cabeça toda, pelo menos a alguns. Não podemos generalizar Charade, sei que não é fácil porque grande parte das pessoas que vemos que consome drogas são uns tolos que nem sabem quanto é 1+1, e isso sim deixa-me triste. Mas quando conseguimos ter conversas com pés e cabeça com pessoas que consomem, nesse caso perco toda a razão quando generalizo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpem o meu cepticismo mais uma vez mas não acredito que haja alguém que consiga estar meses sem comer. Sei que há quem consiga através de algumas técnicas e muito tempo de treino entrar num género de hibernação. O que é muito diferente de estar a viver uma vida normal durante meses e não comer, que suponho que seja isso que estão a dizer. Viver da luz? Foto-síntese? Só se for algum ser de outro planeta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpem o meu cepticismo mais uma vez mas não acredito que haja alguém que consiga estar meses sem comer. Sei que há quem consiga através de algumas técnicas e muito tempo de treino entrar num género de hibernação. O que é muito diferente de estar a viver uma vida normal durante meses e não comer, que suponho que seja isso que estão a dizer. Viver da luz? Foto-síntese? Só se for algum ser de outro planeta.

 

 

Luz não é essa luz das lâmpadas, é a energia. Eu chamo Luz à energia das pessoas. Se comemos e transformamos os alimentos em energia, a mesma energia que precisamos para viver, porque é que não é possível que haja gente que salte esse passo de comer alimentos?

Se formos ver é a mesmo coisa que alucinar sem drogas, salta-se o passo de tomar as drogas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra vez essa conversa?

 

 

Sorinz, se estudares o corpo humano verás que isso não é biologicamente possível. O nosso corpo consegue aguentar longos períodos de tempo sem alimento ou com alimento mínimo, afinal de contas não houve sempre comida na mesa ao longo da nossa história. Mas necessitamos sempre de nutrição, é incontornável.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É bom falar sobre este tipo de coisas, abre-nos a mente. E se houver pessoas que saibam sobre o assunto tanto melhor.~

 

O que eu acho é que devia de haver um tópico geral para este tipo de conversas, sem tratar de um tema em especial. Conversa espontânea.

 

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro que é bom falar sobre muitas coisas, mas esta já foi discutida e até deve haver um tópico só sobre isso. Precisas de nutrientes da mesma forma que necessitas de oxigénio, não há forma de os substituir e na falta deles as tuas células morrem. É tão simples quanto isso.

 

Defeitos da natureza. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estudares o corpo humano .. Isso tem muito que se lhe diga, e depende do que entendes por estudar .. se é apreender conhecimento de terceiros ou sermos nós a ir em busca do conhecimento por próprio pulso, por assim dizer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra vez essa conversa?

 

 

Sorinz, se estudares o corpo humano verás que isso não é biologicamente possível. O nosso corpo consegue aguentar longos períodos de tempo sem alimento ou com alimento mínimo, afinal de contas não houve sempre comida na mesa ao longo da nossa história. Mas necessitamos sempre de nutrição, é incontornável.

 

(Eu adoro isto :))

 

A matéria é energia condensada, tudo em nós é energia, os alimentos são energia condensada, que por processos bioquímicos se volta a transformar em energia e isso é lindo. O humano habituou-se a ir pelo caminho mais simples, comer. O corpo que faça o resto, né? Sinceramente acho que seja mesmo possível "absorvermos" a energia do cosmos. Ás vezes parece uma ideia descabida porque essa energia nem se vê, "como é que nos alimentamos de uma coisa que nem se vê?" devem vocês perguntar certamente. Mas também já devem de ter ouvido falar em espectros. Há um monte de radiações invisíveis, a maior parte delas na verdade.

 

Isto que vou dizer pode não ser muito lógico, não sei, lembrei-me agora. Vocês nunca sentiram aquela sensação de borboletas no estômago? Têm vontade de comer nessa altura? Eu não tenho, e muita gente que conheço também não tem (sim, eu pergunto às pessoas se têm fome nessas alturas xD). O que eu quero dizer é que quando sentem isso é porque têm energia a entrar em vocês, pelo chakra do plexo solar. Imaginem que tinham sempre energia a entrar em vocês...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estudares o corpo humano .. Isso tem muito que se lhe diga, e depende do que entendes por estudar .. se é apreender conhecimento de terceiros ou sermos nós a ir em busca do conhecimento por próprio pulso, por assim dizer.

 

 

Ei, ainda há pouco tempo fiz aqui em casa uma autópsia a um polvo! :D

 

 

Foi maneira de falar, não era isso que queria dizer. Mas se te lembras bem das aulas de ciência, a vida de um célula e a sua actividade está dependente da sua relação com agentes externos, neste caso os nutrientes. É vital, foi com esse modus operendi que o nosso corpo foi construído. Se me conseguirem explicar como é que essa "energia" me vai alimentar as células eu agradeço. Eu e todos os seres vivos deste planeta, porque os outros animais também ainda não sabem disso.

 

 

 

Sorinz a questão não está na energia que existe, está sim em teres fisicamente no teu corpo um mecanismo biológico que te permita processar essa energia. As nossas células não funcionam assim. Não podes fazer marmelada com ovos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este tópico tinha potencial até à umas horas atrás .. diz a meteorologia que vai chover .. postas de pescada :closedeyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

han?

 

Não sei onde foste buscar isso, mas estás a "acusar-me" de algo que fazes logo a seguir o mesmo :gap:

 

Já foi discutido este assunto, e choveram piadas e coisas do género, por isso é que acho que se vai perder o potencial do tópico se se der continuidade a esse off-topic sobre a energia :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fdx que cromo... :gap:

 

Li o teu post completamente ao contrário, sorry... vou editar o anterior, caga nisso! :lol::smokinggun:

Share this post


Link to post
Share on other sites

...O que eu quero dizer é que quando sentem isso é porque têm energia a entrar em vocês, pelo chakra do plexo solar. Imaginem que tinham sempre energia a entrar em vocês...

 

Chrakapic ?

 

:mellow:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

....sorry :lol: !!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda continuo a achar que em relação aos efeitos das drogas, há uma consideração a fazer. Até aceito a ideia de que podemos recriar efeitos. Criar? Acho que não. Uma coisa é eu ter tido N experiências e essas mesmas experiências servirem de exemplo para mais tarde o meu cérebro provocar novamente esses efeitos sem substancias. Agora, do nada? Como é que eu posso dizer que tive uma experiência idêntica ao MDMA, LSD, psilocibina, etc etc, se nunca as tivesse experimentado?

 

Também não vou nessa de que há pessoal a viver do ar e vento, ou energia da luz ou seja lá qual for a designação. Também há quem diga que "Deus" exista e eu não acredito nisso só porque sim.

 

Essas pessoas que supostamente vivem do ar, terão uma vida normal? Quero dizer... caminham, saem à rua, transpiram? Uma coisa será comer pouco, ter uma dieta extrema, mas não comer? E beber? Também não bebem?

 

E depois, eu sou queimado. Mas penso. LOL.

 

---

 

 

Ó Charade, como é que eu faço para te ignorar? É que cada vez estou mais farto de ler a merda que tu praí escreves. Já não tens nem ponta por onde se lhe pegue, nem credibilidade. Vai lá para o teu canto brincar com os teus carrinhos e cala-te. Aceito as tuas opiniões desde que nem as tenha que ler. Pessoalmente, acho que se há aqui algum queimado, és tu. Ainda por cima és ignorante, porque depois de ler tudo o que aqui está, continuas a achar que somos todos piores que tu. Acorda, mas longe. Estamos fartos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Charade não "manda" drogas, ouve Black Eyed Peas, Aviões do Forró e André Sardet. Gosta de filmes como o "Transformers". Adora séries de tv como o Dragon Ball.

 

Acho que está tudo dito.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Charade não "manda" drogas, ouve Black Eyed Peas, Aviões do Forró e André Sardet. Gosta de filmes como o "Transformers". Adora séries de tv como o Dragon Ball.

 

Acho que está tudo dito.

 

 

Atencao, nao manda drogas ilegais... em relacao as outras ja nao ha problema nenhum!

Share this post


Link to post
Share on other sites

pg_hg300_opt2.jpg

Isto sim é uma Clean Head :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda continuo a achar que em relação aos efeitos das drogas, há uma consideração a fazer. Até aceito a ideia de que podemos recriar efeitos. Criar? Acho que não. Uma coisa é eu ter tido N experiências e essas mesmas experiências servirem de exemplo para mais tarde o meu cérebro provocar novamente esses efeitos sem substancias. Agora, do nada? Como é que eu posso dizer que tive uma experiência idêntica ao MDMA, LSD, psilocibina, etc etc, se nunca as tivesse experimentado?

 

Também não vou nessa de que há pessoal a viver do ar e vento, ou energia da luz ou seja lá qual for a designação. Também há quem diga que "Deus" exista e eu não acredito nisso só porque sim.

 

Essas pessoas que supostamente vivem do ar, terão uma vida normal? Quero dizer... caminham, saem à rua, transpiram? Uma coisa será comer pouco, ter uma dieta extrema, mas não comer? E beber? Também não bebem?

 

E depois, eu sou queimado. Mas penso. LOL.

 

 

 

Aerogel,

mas achas que são as drogas que criam os efeitos? Então e aquelas pessoas que têm sinestesia desde que nascem, que os sons estão associados a cores, ou que as letras estão associadas a cores? As "drogas" possibilitam o cérebro experienciar, não criam a experiência.

 

Sonriz,

também não podes acreditar em tudo só porque te dizem que é assim, tens de ter algum pensamento crítico. Essa do estar desde as 7 sem comer é fácil, tenho uma conhecida que entra todos os dias de manha, e na ideia dela de poupar tempo só ingere alimentos quando chega a casa, ao fim do dia. Nem pequeno almoço, nem pausa para almoço..nada.. Agora, alimentar-se meramente da "energia" (seja lá o que isso for)?

 

O que é isto? É o Sha la la..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora, alimentar-se meramente da "energia" (seja lá o que isso for)?

 

O que é isto? É o Sha la la..

 

 

Sha la la?

 

Quando faço os meus retiros de tai chi, armazeno tanta energia que chego a ficar duas semanas sem comer - será sha la la???

Não negues à partida uma ciência que desconheces.closedeyes.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não, o teu caso ding dong cheira-me que é a puchar mais para o darque

 

 

:gap:

  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ó Charade, como é que eu faço para te ignorar? É que cada vez estou mais farto de ler a merda que tu praí escreves. Já não tens nem ponta por onde se lhe pegue, nem credibilidade. Vai lá para o teu canto brincar com os teus carrinhos e cala-te. Aceito as tuas opiniões desde que nem as tenha que ler. Pessoalmente, acho que se há aqui algum queimado, és tu. Ainda por cima és ignorante, porque depois de ler tudo o que aqui está, continuas a achar que somos todos piores que tu. Acorda, mas longe. Estamos fartos.

 

Depois do que acabaste de dizer, não queres que reafirme o que tenho dito? Ora, isso é pedir de mais não achas Aerogel?

 

Eu? Queimado? Só se for do sol do Algarve :lol: :lol:

 

Como é que fazes para me ignorar? Olha ignoras, lês e não respondes. Nice n' easy :rolleyes:

 

O Charade não "manda" drogas, ouve Black Eyed Peas, Aviões do Forró e André Sardet. Gosta de filmes como o "Transformers". Adora séries de tv como o Dragon Ball.

 

Acho que está tudo dito.

 

Só pessoas sobredotadas (leia-se com muitos milhares de neurónios a menos), é que conseguem julgar uma pessoa pelo tipo de música que tem no computador, do que vê, do que come, do que faz.

 

A arrogância é a voz da ignorância. Santa Mãe :doh:

 

 

Atencao, nao manda drogas ilegais... em relacao as outras ja nao ha problema nenhum!

 

Tirando os medicamentos (que sei que vão pegar nisso), por norma não uso droga nenhuma ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

fodas! escrevi uma texto do caraças e quando ia postar foi para a página inicial :girl_cray2:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoas, acabei de saber que houve um terramoto na Turquia e há uns dias atrás recebi um mail (texto canalizado) que dizia que os terramotos não iam acabar no Chile, a Turquia e outros países que não me lembro também iam sofrer terramotos. E o México vai ficar destruído.

 

Não encontro a porcaria do mail.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Andei a pensar nisso da alimentação por Luz.

 

 

Como todos sabemos o ser humano e os restantes seres vivos estão em constante evolução.

O mundo está a dar uma reviravolta enorme. Está sobre-lotado, a comida e recursos estão-se a esgotar.

A Natureza está a tratar do trabalho por ela própria. Vocês já pensaram que essas pessoas podem ser uma evolução nossa? As células podem ter evoluído nesse sentido, alimentar-se directamente da energia.

 

Fosgas estou por tudo gente, a sério que estou... Sinto-me completamente impotente, as coisas a acontecer à minha volta e não posso fazer nada! Oh meu Deus que revolta interior que estou a sentir, qualquer dia expludo.

 

 

Olha MRDINGDONG fiquei muito feliz com o que escreveste :) Às vezes não pareces ser uma pessoa tão equilibrada xD

Share this post


Link to post
Share on other sites

O maior cego é o que não quer ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só pessoas sobredotadas (leia-se com muitos milhares de neurónios a menos), é que conseguem julgar uma pessoa pelo tipo de música que tem no computador, do que vê, do que come, do que faz.

 

A arrogância é a voz da ignorância. Santa Mãe :doh:

 

Não, eu julgo-te mesmo é pela tua falta de tacto enquanto administrador. Nem sequer te devias meter nas questões abordadas no fórum (essa função cabe aos moderadores) enquanto membro da administração.

 

Julgo-te, porque (a propósito de uma lista que colocaste aí e com a qual brinquei) me inibiste de postar sem razão nenhuma. Se não queres que opinem, não coloques nada.

 

Julgo-te, porque estás constantemente (ou pelo menos estavas, com o Star Trek parece que "baixaste a bolinha") a ameaçar os users com bans e inibições.

 

Julgo-te, porque não tens perfil para administrar isto. O Anjuna (podem gostar ou não) tem tido uma atitude "low-profile" que me parece ser a mais indicada.

 

Julgo-te, porque (e aí sim, és tu o ignorante) estás constantemente a criticar os users pelo consumo de substâncias (drogas, como tu lhes chamas; devias ler um livro chamado "O Pão dos Deuses" do etno-botânico Terence MacKenna para perceberes umas coisas sobre a história da relação entre os seres humanos e as plantas e seus sucedâneos e sínteses, é que drogas não são apenas as ilegais; o açucar, o café, o alcool, o chá, o cacau, as especiarias, etc. também o são).

 

Se calhar existe gente que, com um só neurónio, consegue realizar mais coisas que tu com os teus milhões todos imaculados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Belo tópico, fora a palha ocasional do costume.

Vou fazer de advogado do diabo, mas para os dois lados :P

 

Primeiro, as "drogas" é um termo tão irritante como inútil, a meu ver. Tudo e nada são "drogas", e os critérios não interessam para nada.

O que se ingere afecta-nos como o que se cheira, ouve e sente. Uma desgraça que aconteça a um amigo ou familiar pode deixar alguém tão à beira da psicose como 10 ácidos de uma vez.

 

Segundo, com "drogas" ou sem "drogas", as pessoas são o que dizem e fazem. Enquanto alguém se portar bem, está no bom caminho, independentemente do que tomou ou deixou de tomar, e prova a si próprio que o que fez (ou não-fez) foi bom para si próprio. A desculpa do "estava todo maluco" é velha e é uma excelente forma de mentir a si próprio. Quem procura algo de bom há-de sempre parecer iluminado, quer careta quer de rastos... e vice-versa, infelizmente.

 

Terceiro, existe algo de bom na experimentação como existe algo de bom na auto-disciplina. A meu ver o que interessa é o equilíbrio.

Aprendi muito com as experiências que tive e tenho, sejam com auxílios ou sem auxílios de substâncias que alteram a consciência.

Não tenho grande pudor em relação a elas, mas sim muito respeito.

 

Quarto, penso que tudo é real e irreal. Tudo é perspectiva. Uma trip profunda pode ser mais real para alguém do que a sua percepção da realidade "normal". Assim como para muitos qualquer "trip" pode parecer uma ilusão. Para mim, tudo é real e importante.

 

Quinto, embora já tenha viajado para muito longe, indubitavelmente e pontualmente, com o auxílio de enteogénicos, da primeira vez que viajei com o tio Hoffman, e após anos de medo e respeito, a minha primeira sensação foi: "Foda-se, eu conheço este mundo, é assim que me sentia quando era pequenino, e como tal não tenho razão para ter medo dele!" :D

 

Não sou dono de verdade nenhuma, apenas contribuo com o que aprendi para mim e com o que vejo... aqui ficam os meus 2 cêntimos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Quinto, embora já tenha viajado para muito longe, indubitavelmente e pontualmente, com o auxílio de enteogénicos, da primeira vez que viajei com o tio Hoffman, e após anos de medo e respeito, a minha primeira sensação foi: "Foda-se, eu conheço este mundo, é assim que me sentia quando era pequenino, e como tal não tenho razão para ter medo dele!" :D

 

 

Também tive essa sensação, tal e qual! :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

E esqueceram-se desse mundo? Precisam de "transportes" para lá voltar?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A prova de que podemos viver só de luz, é que os meninos em Africa são todos barrigudos.

 

Ia meter uma foto, mas decidi voltar atrás. Era uma piada do darque.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E esqueceram-se desse mundo? Precisam de "transportes" para lá voltar?

 

Não, não são precisos, nem o mundo está esquecido, pelo contrário. Ajudou e muito a o recuperar e manter :)

Como tal, foram experiências muito úteis para mim. Tal como provavelmente foi muito útil não as ter mais cedo, antes de ter vontade e confiança em mim para o fazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A prova de que podemos viver só de luz, é que os meninos em Africa são todos barrigudos.

 

Ia meter uma foto, mas decidi voltar atrás. Era uma piada do darque.

 

 

Isso é ser extremista.

 

É a mesma coisa que dizer que por uma pessoa cantar bem toda a gente no mundo o faz também (yah é um exemplo estúpido, mas é tão estúpido como o teu argumento).

Share this post


Link to post
Share on other sites

E esqueceram-se desse mundo? Precisam de "transportes" para lá voltar?

 

Não, não são precisos, nem o mundo está esquecido, pelo contrário. Ajudou e muito a o recuperar e manter :)

Como tal, foram experiências muito úteis para mim. Tal como provavelmente foi muito útil não as ter mais cedo, antes de ter vontade e confiança em mim para o fazer.

 

 

Boa :)

 

O segredo está em nunca se perder a criança.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não, eu julgo-te mesmo é pela tua falta de tacto enquanto administrador. Nem sequer te devias meter nas questões abordadas no fórum (essa função cabe aos moderadores) enquanto membro da administração.

 

 

Wtf?

 

 

Julgo-te, porque (a propósito de uma lista que colocaste aí e com a qual brinquei) me inibiste de postar sem razão nenhuma. Se não queres que opinem, não coloques nada.

 

Tu és tão aldrabão. Julgas-me por ter algum tipo de música no meu computador, e mesmo depois de ter dito que é exclusivamente por causa do trabalho que tenho, continuas a querer brincar e gozar com a situação. Enfim...

 

 

Julgo-te, porque estás constantemente (ou pelo menos estavas, com o Star Trek parece que "baixaste a bolinha") a ameaçar os users com bans e inibições.

 

Não tem nada a ver com o Star Trek, ou whatever. É mesmo porque eu trabalho e a ocupação disparou, e tenho tido pouco tempo para andar aqui :)

 

Julgo-te, porque não tens perfil para administrar isto. O Anjuna (podem gostar ou não) tem tido uma atitude "low-profile" que me parece ser a mais indicada.

 

No comments :lol:

Julgo-te, porque (e aí sim, és tu o ignorante) estás constantemente a criticar os users pelo consumo de substâncias (drogas, como tu lhes chamas; devias ler um livro chamado "O Pão dos Deuses" do etno-botânico Terence MacKenna para perceberes umas coisas sobre a história da relação entre os seres humanos e as plantas e seus sucedâneos e sínteses, é que drogas não são apenas as ilegais; o açucar, o café, o alcool, o chá, o cacau, as especiarias, etc. também o são).

 

Ah, peço desculpa. Então eu sou um junkie, pois sou devorador de doces :lol: :lol: Sou drogado e não sabia :sad:

 

Se calhar existe gente que, com um só neurónio, consegue realizar mais coisas que tu com os teus milhões todos imaculados.

 

Hehehe, assim está bem :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda continuo a achar que em relação aos efeitos das drogas, há uma consideração a fazer. Até aceito a ideia de que podemos recriar efeitos. Criar? Acho que não. Uma coisa é eu ter tido N experiências e essas mesmas experiências servirem de exemplo para mais tarde o meu cérebro provocar novamente esses efeitos sem substancias. Agora, do nada? Como é que eu posso dizer que tive uma experiência idêntica ao MDMA, LSD, psilocibina, etc etc, se nunca as tivesse experimentado?

 

Também não vou nessa de que há pessoal a viver do ar e vento, ou energia da luz ou seja lá qual for a designação. Também há quem diga que "Deus" exista e eu não acredito nisso só porque sim.

 

Essas pessoas que supostamente vivem do ar, terão uma vida normal? Quero dizer... caminham, saem à rua, transpiram? Uma coisa será comer pouco, ter uma dieta extrema, mas não comer? E beber? Também não bebem?

 

E depois, eu sou queimado. Mas penso. LOL.

 

 

 

Aerogel,

mas achas que são as drogas que criam os efeitos? Então e aquelas pessoas que têm sinestesia desde que nascem, que os sons estão associados a cores, ou que as letras estão associadas a cores? As "drogas" possibilitam o cérebro experienciar, não criam a experiência.

 

Sonriz,

também não podes acreditar em tudo só porque te dizem que é assim, tens de ter algum pensamento crítico. Essa do estar desde as 7 sem comer é fácil, tenho uma conhecida que entra todos os dias de manha, e na ideia dela de poupar tempo só ingere alimentos quando chega a casa, ao fim do dia. Nem pequeno almoço, nem pausa para almoço..nada.. Agora, alimentar-se meramente da "energia" (seja lá o que isso for)?

 

O que é isto? É o Sha la la..

 

Não são as drogas que causam efeitos. O organismo reage às substancias, recriando percepções. Não é isso que está em causa.

O que digo é, NINGUÉM pode simplesmente dizer que consegue simular os sintomas da droga X ou Y sem nunca a ter experimentado. Nisto sou peremptório. Não há nenhum tipo de termo de comparação. Como é que alguém pode achar-se no direito de falar do que não sabe e assumir isso perante os outros como uma verdade?

Eu, tu, outros, que provaram, sabem facilmente identificar sintomas, estados de "espirito"... e quem nunca provou nenhuma destas drogas?

 

Pessoalmente não meto no mesmo saco a sinestesia e a alucinação ou alteração da percepção (a mesma do LSD, psilocibina). Assim, então ser canhoto, autista ou albino seriam da mesma forma experiências do cérebro e não o são. Não estamos sequer a falar disso.

 

E mais uma coisa... comer uma vez por dia, ou uma vez por semana, ou mesmo uma vez depois de duas semanas de jejum não é a mesma coisa que não comer.

Quero ver alguém activo a fazer isso. Não falemos de estados que quase hibernação. E estamos a esquecer que a água também é alimento. Quero ver alguém sobreviver duas semanas sem água.

 

Depois falamos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O que digo é, NINGUÉM pode simplesmente dizer que consegue simular os sintomas da droga X ou Y sem nunca a ter experimentado. Nisto sou peremptório. Não há nenhum tipo de termo de comparação. Como é que alguém pode achar-se no direito de falar do que não sabe e assumir isso perante os outros como uma verdade?

 

 

Não é preciso teres contacto com uma cobra, para teres medo dela. Que raio.. :closedeyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ya, tem tudo a ver... :rolleyes:

 

 

 

Ah, peço desculpa. Então eu sou um junkie, pois sou devorador de doces :lol: :lol: Sou drogado e não sabia :sad:

 

 

 

Nem tu nem muita gente, mas se sentes uma incontornavel vontade de comer doces todos os dias, acredita que es!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ya, tem tudo a ver... :rolleyes:

 

 

 

Ah, peço desculpa. Então eu sou um junkie, pois sou devorador de doces :lol: :lol: Sou drogado e não sabia :sad:

 

 

 

Nem tu nem muita gente, mas se sentes uma incontornavel vontade de comer doces todos os dias, acredita que es!

então eu sou viciado em gajas :gap:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não é preciso teres contacto com uma cobra, para teres medo dela. Que raio.. :closedeyes:

 

Os agarrados ao Frisumo têm medo de cobras? :unsure:

 

 

 

PS: Grande dica para o próximo episódio. :gap: As fobias dos agarrados ao açucar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só dá para rir mesmo... até gostava de saber se isso do medo das cobras é universal. A mim, nem me aquecem nem me arrefecem. Conheço outras pessoas que sentem o mesmo.

 

Mas ó Charade... para a tua limitada cabeça, é tudo a mesma coisa não é? Come menos doces pá, faz-te mal à boca, depois só dizes merda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um gajo que escreve o que tu escreves e que implica como tu implicas !

 

Fdss até as cobras têm medo !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fosgas e continuam com a pancada xD

 

Não é simular nada! É ter a experiência por nós próprios.

 

A primeira vez que sentiram o amor/odio, foi preciso consumir alguma coisa?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sentimento é diferença de experiência.

Numa coisa (pelo menos :gap:) O Aerogel tem razão, não é possível comparar experiências "normais" com experiências enteogénicas sem experimentar os ditos enteogénicos. Claro que isto não desmerece as experiências "normais" em nada, nem as limita. Apenas falta um dos lados para poder comparar, se isso interessa a alguém.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A primeira vez que sentiram o amor/odio, foi preciso consumir alguma coisa?

 

 

 

... gajas :gap:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sentimento é diferença de experiência.

Numa coisa (pelo menos :gap:) O Aerogel tem razão, não é possível comparar experiências "normais" com experiências enteogénicas sem experimentar os ditos enteogénicos. Claro que isto não desmerece as experiências "normais" em nada, nem as limita. Apenas falta um dos lados para poder comparar, se isso interessa a alguém.

 

 

Mas eu nem quero comparar nada. Que me interessa a mim que vocês vejam/ouçam isto ou aquilo. O que eu queria mesmo era que as pessoas percebessem que temos uma mente poderosíssima, que ninguém usa. Só isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sentimento é diferença de experiência.

Numa coisa (pelo menos :gap:) O Aerogel tem razão, não é possível comparar experiências "normais" com experiências enteogénicas sem experimentar os ditos enteogénicos. Claro que isto não desmerece as experiências "normais" em nada, nem as limita. Apenas falta um dos lados para poder comparar, se isso interessa a alguém.

 

Mas eu nem quero comparar nada. Que me interessa a mim que vocês vejam/ouçam isto ou aquilo. O que eu queria mesmo era que as pessoas percebessem que temos uma mente poderosíssima, que ninguém usa. Só isso.

 

Não estou a dizer que queres comparar. Acho muito bem que faças o que achas melhor para ti. Percebo o poder da mente e treino-o todos os dias.

Apenas dou informação, não estou aqui a questionar ninguém.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não estou a dizer que queres comparar. Acho muito bem que faças o que achas melhor para ti. Percebo o poder da mente e treino-o todos os dias.

Apenas dou informação, não estou aqui a questionar ninguém.

:flower:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sorinz, eu consigo perceber o que estás a tentar dizer mas não podes pôr tudo no mesmo saco. Os sentimentos são reacções químicas naturais do nosso corpo, o chegares a um estado alterado de consciência não é uma coisa natural mas provocada conscientemente (salvo algumas excepções). Já sei que vais insistir que consegues chegar a estados alterados de consciência sem drogas e concordo plenamente com isso, acho que não deves é dizer que sabes o que é uma coisa sem a teres experimentado, isso é pura ignorância. Pensa num prato que nunca comeste, sabes-me dizer detalhadamente qual é o sabor dessa comida?

 

Apesar de concordar que o nosso cérebro é capaz de reproduzir uma experiência que já teve, penso que ainda assim não seja bem a mesma coisa com substâncias que o nosso corpo não tem a capacidade de produzir. O facto de não existir intoxicação para se chegar a um estado desejado de consciência já vai fazer com que a experiência seja diferente, ainda que parecida. Sim, qualquer experiência no fundo não passa de impulsos eléctricos no nosso cérebro mas não podemos esquecer que existem outras reacções no nosso corpo que influenciam essa experiência. Daí a diferença de se tomar algo ou não, uma é totalmente pura e a outra implica intoxicação. Como podem elas ser iguais?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sorinz, eu consigo perceber o que estás a tentar dizer mas não podes pôr tudo no mesmo saco. Os sentimentos são reacções químicas naturais do nosso corpo, o chegares a um estado alterado de consciência não é uma coisa natural mas provocada conscientemente (salvo algumas excepções). Já sei que vais insistir que consegues chegar a estados alterados de consciência sem drogas e concordo plenamente com isso, acho que não deves é dizer que sabes o que é uma coisa sem a teres experimentado, isso é pura ignorância. Pensa num prato que nunca comeste, sabes-me dizer detalhadamente qual é o sabor dessa comida?

 

Apesar de concordar que o nosso cérebro é capaz de reproduzir uma experiência que já teve, penso que ainda assim não seja bem a mesma coisa com substâncias que o nosso corpo não tem a capacidade de produzir. O facto de não existir intoxicação para se chegar a um estado desejado de consciência já vai fazer com que a experiência seja diferente, ainda que parecida. Sim, qualquer experiência no fundo não passa de impulsos eléctricos no nosso cérebro mas não podemos esquecer que existem outras reacções no nosso corpo que influenciam essa experiência. Daí a diferença de se tomar algo ou não, uma é totalmente pura e a outra implica intoxicação. Como podem elas ser iguais?

 

 

Sim, vou continuar a dizer que consigo ter experiências do outro mundo. E vou continuar a dizer que não estou a comparar uma coisa à outra, só queria que vocês soubessem que vejo/ouço/sinto coisas que não pertencem à realidade desta dimensão. Até pode ser uma coisa completamente das alucinações com substâncias (mais ou menos intensa) mas é, está lá eu vejo/ouço/sinto e mais ninguém vê/ouve/sente. Mas dentro disto eu sozinha ainda tenho de saber diferenciar o que vejo, porque há coisas que apesar de todos não verem existem. Mas se este assunto se prolongasse já teria de entrar em campos que as pessoas aqui não gostam muito de falar.

Ah e não sou assim tãããão ignorante em relação a esse assunto das drogas, check .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...